The Riders Histories
Curiosidades

10 Motos conceitos da Honda que você precisa conhecer.

Já imaginou como seria uma CB 750 Four 2020? Conheça a CB-F Concept! E que tal reviver uma esportiva dos anos 70 com tecnologia atual? Essa é a CB1100R conceito! Veja 10 motos conceitos da Honda.

Já imaginou como seria uma CB 750 Four 2020? Conheça a CB-F Concept! E que tal reviver uma esportiva dos anos 70 com tecnologia atual? Essa é a CB1100R conceito! Veja 10 motos conceitos da Honda.

Os “Concept Models Honda” são motocicletas apresentadas oficialmente pela fabricante japonesa em salões de motos por todo o mundo ao longo do tempo. Alguns desses modelos são extravagantes, mas outros parecem estar prontos para ganhar as ruas.

Cada motocicleta conceito é desenvolvida com um propósito, desde estudar e elaborar projetos de engenharia complexos, até mesmo testar a aceitação do público de algum estilo diferenciado e depois replicar em motos de linha.

10 Motos conceito da Honda

1) Honda CB1100R Concept

A CB 1100R foi um conceito feito pela Honda exibido publicamente em outubro de 2007 no Tokyo Motor Show, juntamente com a CB1100F. A superesportiva conceitual teve apenas essas aparições como conceito e desapareceu logo em seguida, enquanto a sua irmã naked ‘F’ entrou em produção pouco depois, em 2008.

Em meados de 2015 esse lindo conceito esportivo ressurgiu no mercado quando seu design foi publicado no escritório de registro de patentes do Japão.

Usando como base a nova CB1100F, o custo real de produção da Honda para colocar essa moto em linha seria relativamente baixo, certamente muito menor do que a criação de uma nova motocicleta do zero.

Pontos fortes:

  • Visual neoclássico
  • Bolha e duplo farol dianteiro
  • Suspensão dianteira invertida
  • Freio a disco nas duas rodas (duplo na dianteira)
  • Suspensão traseira com duplo amortecedor a gás com regulagens
  • Possível tanque de plástico e carenagens mínimas (leveza para esportividade)
  • Estilo monoposto
  • Escapamento 4×2
  • Motor 4 cilindros em linha de 1140cc refrigerado a ar
  • 90 cavalos e 9 kgfm torque

2) Honda CBSix50 Concept

Apresentada durante o Salão de Milão de 2015, na Itália, a Honda CBSix50 Concept é um modelo baseado na CB 650F e seu conhecido motor de 4 cilindros em linha. O nome, como podemos perceber, é uma analogia com CB 650, substituindo o “6” numeral por um “Six” (seis, em inglês).

Nesse conceito a Honda basicamente transformou a sua naked de média cilindrada em uma moto Scrambler que parece encarar qualquer desafio. Os pneus totalmente voltados para off-road, protetor de mãos e o protetor de cárter confirmam que seu destino é andar na terra.

Destaque para seu grafismo que combinou perfeitamente os tons de branco e cinza com o vermelho tradicional da fabricante. A linha do tanque, por exemplo, segue em sincronia com os tubos do protetor de motor em perfeita harmonia.

Com banco inteiriço e ao melhor estilo CRF, a CBSix50 ainda traz farol dianteiro em LED diferenciado, uma pequena lanterna traseira e merece aplausos pelo escapamento do estilo “abertão” equipado.

Pontos fortes:

  • Proposta aventureira com pneus Off-Road
  • Rodas raiadas
  • Design arrojado
  • Assento estreito e em peça única
  • Motor 4 cilindros
  • Suspensão dianteira invertida

3) Honda CB4x concept

Exibida durante o Salão de Milão de 2019, a CB4x Concept é resultado do trabalho da equipe Honda R&D Europa (Research and Design) leirada por Valerio Aiello que montaram um conceito de moto crossover com o lema “diversão sete dias por semana”.

Para nós, ao primeiro olhar, ela parece uma versão futurista da CB 500x, porém, chegando mais perto podemos perceber logo de cara uma grande diferença: o motor 4 cilindros em linha típico da Honda.

Isso quer dizer que a fabricante está estudando fazer uma nova “CB 650X”? Ou talvez uma “CB 1000X”? Bom, não sabemos quais os planos para a CB4x Concept, mas o modelo apresenta um estudo complexo de design para ser aplicado em futuros modelos.

Desde a iluminação feita por sutis faróis LEDs na dianteira e um pequeno “U” na traseira, passando pela suspensão dianteira invertida e o monobraço traseiro e chegando até um enorme tanque de combustível que parece ter seu bocal de abastecimento acessado através de uma pequena tampa na base do tanque, junto ao assento do piloto.

Pontos fortes:

  • Linhas futuristas dentro de uma realidade próxima
  • Carenagem em peça única, desde a dianteira até o tanque
  • Iluminação minimalista
  • Conceito Crossover com motor 4 cilindros
  • Pneus e escapamento esportivos

4) Honda CBF Concept 2020

A Honda anunciou a estreia mundial da CB-F Concept, que havia sido planejada para aparecer no Osaka Motorcycle Show e Tokyo Motorcycle Show agora em 2020, ambos adiados, através de uma publicação em seu site.

A Honda CB-F Concept é o resultado da revisão da história da série CB, que chegou à sexta década no ano passado, e da exploração minuciosa do que preservar e do que evoluir com a principal moto esportiva da empresa.

O conceito é uma fusão ambiciosa de tecnologia de ponta com um design em homenagem a CB900F (CB750F no Japão), um modelo global japonês que, no cenário das corridas norte-americanas, que transformou a CB em um modelo icônico.

A Honda informa que seu motor é um 4 cilindros em linha com 998cc e refrigeração líquida que foi projetado para proporcionar amplo torque. O chassi do CB-F Concept é uma estrutura de aço leve e de alta resistência.

Sua suspensão dianteira é do tipo invertida, fornecendo boas respostas para a pilotagem mais esportiva. Já a suspensão traseira é uma configuração Pro-Arm de alumínio leve posta apenas de um lado.

Pontes fortes:

  • Visual remete a histórica CB 900/750
  • Tanque e banco em peças inteiras
  • Suspensão dianteira invertida
  • Suspensão traseira monoshock e monobraço
  • Pianel em TFT enorme
  • Modelo parece estar pronto para rodar (exceto pela falta de retrovisores, piscas e suporte de placa)

5) Honda CB125M e CB125X

As CB125M e CB125X são mais dois modelos conceitos da Honda exibidos na área de Design durante o EICMA. No caso, essas duas pequenas motos muito estilosas foram apresentadas ao público durante a edição de 2018 do Salão de Milão.

Aqui temos dois novos estudos da Honda R&D Roma que usam a CB125R (vendida por lá) como base para versão de entrada de uma moto Supermotard (CB125M) e outra Adventure (CB125X).

Com crescimento de 25% no mercado europeu das motos de 125 cc apenas naquele ano (2018), as CB125M e CB125X chegam para mostrar que a fabricante está atenta a esse movimento e projeta modelos mais sofisticados para atender o anseio do público que quer uma pequena moto para se divertir.

A CB125M, como falamos, é da categoria “supermoto” e traz detalhes bem interessantes, como sua rabeta extremamente curta, escapamento com ponteira SC Project, farol dianteiro minimalista em LED e pneus slick para uso em pista.

Já a CB125X poderia ser chamada até de “mini Africa Twin”, pois claramente é uma moto adventure da marca. Representando a classe “X” da Honda, a pequena traz pneus de uso misto, suspensões de longo curso e um design em tom de branco de tirar o fôlego. Pena ser apenas um conceito.

Pontos fortes:

  • Motos pequenas com proposta Premium
  • Iluminação por LED minimalista
  • Rodas de acordo com cada proposta
  • Design agressivo e adequada a cada modelo

6) Honda EVO6

Apresentada no Tokyo Motor Show de 2007, a Honda EVO6 foi uma moto conceito com proposta de força e desempenho desenvolvida para chegar às lojas, mas que teve seu destino interrompido pela grande crise de 2008.

Equipada com o motor de 1800 cilindradas e 6 cilindros da Honda, a EVO6 concept colocaria a fabricante em um outro nicho de mercado que hoje, em 2020, parece estar ganhando mais um fôlego com a BMW R18 ou a Triumph Rocket 3.

Podemos chamar a EVO6 de uma versão “naked” da touring Honda Goldwing. Algo interessante nesse modelo é o seu câmbio. Com seis velocidades, através de um botão no guidão ele pode ser configurado eletronicamente para configurar o pedal de troca de marchas, permitindo inverter a posição de subida das marchas.

Outra curiosidade da EVO6 é o seu painel. Ele é dividido em duas partes, onde o conta-giros e informações de combustível ficam no painel anexo ao tanque de combustível enquanto o velocímetro e hodômetro estão em uma tela LCD fixada no centro do guidão.

Pontos fortes:

  • Conhecido motor 6 cilindros da Honda Goldwing
  • Visual sofisticado para a época (2007)
  • Suspensão traseira com monobraço
  • Moto estava pronta para venda

7) Honda RC-E Elétrica

Quem disse que a Honda não tem sua moto esportiva elétrica? Há quase 10 anos atrás a fabricante japonesa já apresentava a Honda RC-E, uma moto elétrica com pegada esportiva e feita com o conceito reviver a alegria de pilotar sem prejudicar o meio-ambiente.

A novidade foi apresentada durante o Salão de Tóquio de 2011 e foi definida como uma versão EV (elétrica) de uma moto superesportiva no corpo compacto de uma esportiva da classe de 250 cc.

Ela é uma “cópia” da RC 166, a lendária moto esportiva de competições da Honda. Aliás, o visual desse conceito RC-E elétrico é praticamente idêntico ao da RC 166 original de 1966.

Com um design desenvolvido para ter a melhor aerodinâmica, o modelo traz faróis em LED que quase não interferem na passagem de ar, suspensões TTX da Ohlins e até enormes discos de freio na dianteira com sistema de frenagem da Brembo.

Por conta de seu conjunto ser menor e mais leve o modelo se tornou tão compacto que em vez de utilizar a estrutura ser da sua superesportiva de 600cc (CBR 600RR) todos os equipamentos couberam “dentro” da 250RR da marca.

Pontos fortes:

  • Primeira Superbike elétrica da Honda
  • Design agressivo, típico de motos de competição
  • Suspensões de alta performance
  • Enorme poder de frenagem
  • Falta de continuidade no projeto e detalhes técnicos

8) Honda Bulldog

Foi durante o Osaka Motor Show de 2015 que a Honda exibiu a Bulldog, uma moto conceito com design robusto desenvolvida sobre o lema “Loveable Touring Partner” (Parceiro de turismo adorável, em tradução livre).

Com os largos pneus de 15 polegadas e baixo centro de gravidade, além de se apresentar como uma moto de grande porte, engana-se quem acha que embaixo disso tudo há um potente motor. Curiosamente o conceito equipa um bicilíndrico em linha de apenas 400 cilindradas.

E logo ao ter essa informação acabamos percebendo que apesar de ter uma de moto pesada, na verdade a Bulldog parece uma moto valente e leve. Algumas de suas partes, como o tanque de combustível, são em peças plásticas. Ou seja, leves.

Com uma cara de moto apocalíptica e que encara qualquer situação, a Honda Bulldog seria moto robusta para aquelas pessoas que curtem acampar, carregar diversos equipamentos e ter um final de semana em meio a natureza.

Pontos fortes:

  • Estrutura resistente
  • Diversos suportes para carregar bagagem direto de fábrica
  • Proteções de farol e carenagem
  • Pneus largos e aventureiros
  • Motor pequeno, baixo custo de manutenção e economia de combustível

9) Honda NAS (New American Sports) 2004

Esse é um dos conceitos mais surpreendentes dessa lista, não só pelo visual agressivo, mas por todos os aspectos técnicos e obras da engenharia empregadas nele. A Honda NAS (New American Sports) foi apresentada em meados de 2004 pelo Honda R&D America, o setor americano de pesquisa e desenvolvimento da Honda.

Uma das coisas que mais impressiona e chama atenção da Honda NAS é sua suspensão dianteira. Construída em fibra de carbono e alumínio, ela é do tipo monobraço. Isso mesmo, a suspensão da frente é monobraço, assim como a traseira.

Outro detalhe curioso é o tamanho do diâmetro do disco de freio dianteiro, quase do mesmo tamanho do aro. O visual do modelo segue uma pegada extremamente agressiva e esportiva, tendo uma posição de pilotagem totalmente para frente.

Como tudo nessa moto é um pouco exótico, ela equipa um motor V2 bem incomum, tem saída de escapamento com ponteiro em um spoiler abaixo do motor e um quadro em alumínio extremamente minimalista.

Pontos fortes:

  • Detalhes técnicos únicos
  • Equipamentos e peças obras de engenharia conceitual
  • Monobraço na dianteira
  • Motor V2
  • Escapamento com saída abaixo do motor
  • Posição de pilotagem agressiva

10) Honda CX-02 Concept

A Honda CX-02 é um conceito apresentado pela equipe do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Honda da Índia. O modelo é uma crossover de pegada agressiva e moderna que lembra muito uma versão sofisticada da CB 500X.

A parte frontal do conceito traz um design pontiagudo com farol duplo e para-brisa que aparenta ter diversas regulagens. O farol conta com luz diurna em LED de formato diferenciado que dá ainda mais modernidade para o protótipo.

No painel o modelo equipa um display totalmente de TFT bem parecido com o da Ducati Multistrada e um detalhe peculiar, como quase tudo nesse modelo, são os piscas, que ficam instalados nos protetores de mão.

A Honda CX-02 Concept já é uma moto bem conhecida do público brasileiro pois em meados de 2018, quando foi apresentada, o modelo foi cotado como a substituta da XRE 300 aqui no Brasil. Não passou de especulação. Até porque a CX-02 tá mais para a linha de 500 cc Crossover da marca do que para a 300 Trail.

Pontos fortes:

  • Design futurista
  • Diversos itens foram aplicados nas motos Honda após o conceito
  • Piscas no protetor de mão
  • Enorme painel colorido

A Honda CX-02 Concept já é uma moto bem conhecida do público brasileiro pois em meados de 2018, quando foi apresentada, o modelo foi cotado como a substituta da XRE 300 aqui no Brasil. Não passou de especulação. Até porque a CX-02 tá mais para a linha de 500 cc Crossover da marca do que para a 300 Trail.

Pontos fortes:

  • Design futurista
  • Diversos itens foram aplicados nas motos Honda após o conceito
  • Piscas no protetor de mão
  • Enorme painel colorido

Lanterna Traseira no formato “H”

Notícias relacionadas

Harley-Davidson FLH 1200 Electra Glide 1976 que pertenceu a Elvis Presley confiram!

The Riders

Escola de Nova York treinamento da polícia americana.

The Riders

A FABRICANTE INDIAN CONSTRUIU O PRÓPRIO MOTÓDROMO, EM 1909

The Riders