fbpx
The Riders Histories
Riders Trail

A nova aventureira de média cilindrada da Voge recebe a nova unidade motriz já equipada na 525 ACX.

O novo motor bicilíndrico continua a oferecer competências para os motociclistas com carta de condução A2, mesmo tendo sido totalmente redesenhado. Desta forma, a unidade motriz aumentou para os 494 cc (antes 471 cc) e manteve as quatro válvulas por cilindro, com respetiva dupla árvore de cames.

A potência estancou-se nos 35 Kw ou 47,6 cv mas o binário aumentou para os 44,5 Nm, entregues desde os baixos regimes. Também a caixa de 6 velocidades com embraiagem deslizante foi adaptada às novas características do motor.

Como integrante do segmento aventureiro, a Voge 525DSX tem jantes de 19 e 17 polegadas à frente e atrás, respectivamente, calçadas com pneus tubeless Metzeler 110/80 na dianteira e 150/70 na traseira.

Para os impactos, quer do asfalto quer dos trilhos, as suspensões KYB montadas na 525DSX irão garantir a estabilidade com os 150 mm de curso na forquilha invertida e com os 71 mm de curso oferecidos pelo monoamortecedor regulável de funcionamento progressivo, graças às bielas de fixação inferior ao braço oscilante.

Não só as suspensões ficaram a cargo dos japoneses. A travagem composta por duplo disco com 298 mm na frente e disco único de 240 mm na traseira são mordidos por pinças flutuantes Nissin, com pistão duplo na roda dianteira e pinça simples na traseira.

Na secção frontal, além de toda a aparência agressiva e contemporânea, a Voge 525DSX possui um ecrã frontal regulável em duas posições, suficiente para proteger o motociclista da resistência aerodinâmica quando o mesmo está sentado no assento com 830 mm de distância ao solo.

Para não acontecerem grandes infortúnios à Voge 525 DSX, no fora de estrada, a mesma integra proteções laterais para salvaguardar a integridade do motor e das carenagens.

Em termos de tecnologia, além do painel de instrumentos LCD a cores de 7 polegadas, com conectividade bluetooth que permite utilizar o sistema de navegação turn by turn e realizar comunicações e ainda fornece informações acerca da pressão dos pneus, controlo de tração (desconectável) e modos de condução (Standard e Sport), entre outras. Para que não falte bateria dos gadgets existe ainda uma tomada USB e outra de isqueiro (12V).

Pronta para as viagens de longo curso com passageiro a 525 DSX consegue proporcionar uma autonomia de aproximadamente 350 quilómetros sem reabastecer, graças ao seu avantajado depósito com 16,5 litros de capacidade. Para transportar os mantimentos é ainda possível instalar malas laterais e top case.

Disponível nas cores azul e cinzento, a Voge 525 DSX conta já com um preço recomendado de lançamento em Portugal de 6.595€ com a oportunidade de acrescer, por 650€, o conjunto de malas em alumínio. 

No futuro a 525 DSX irá custar 6.995€ e o conjunto de malas de alumínio terá um preço de 1.300€.

Notícias relacionadas

Aprilia Tuareg: 5 coisas que você precisa saber

Marcelo Nunes

450MT ADV da CFMoto será a criptonita do Himalayan 452

Marcelo Nunes

Parte 2 Final: Novos Benelli TRK 702 e 702 X: A aventura tem novo nome

Marcelo Nunes

Deixe um comentário