fbpx
The Riders Histories
Riders-SpeedMundo Speed

Bagnaia vence último GP do ano em Valência

O GP de Valência de 2021 pode não ter sido dos mais emocionantes na pista, mas seu valor será para sempre lembrado nos livros de história. Lá na frente, a Ducati venceu com Francesco Bagnaia. Pela primeira vez na história a marca italiana fez o pódio, com Jorge Martín – pole position – em segundo lugar e Jack Miller em terceiro.

A manobra decisiva ocorreu logo após a metade da corrida, com Bagnaia passando Martín e fazendo uma sequência de voltas rápidas para se consolidar na liderança. Miller, que chegou a cair para 6º, ainda subiu para 3º e por pouco não atacou Martín pelo 2º lugar.

Entretanto, mais atrás Valentino Rossi fez uma grande prova, conseguindo o 10º lugar. Com isso, ele encerrou sua carreira após 432 participações em uma atuação consistente, se segurando bem sem perder o ritmo durante a prova.

Valentino acabou sendo ultrapassado apenas por Enea Bastianini, que veio do fim do grid e se recuperou até ser o oitavo. Com isso, terminou sua carreira em um adeus emocionante.

Atrás do top 3 da Ducati, Joan Mir acabou não tendo força para lutar pela vitória e foi o quarto. Entretanto, ele viu seu companheiro Álex Rins caindo – um dos dois abandonos da prova, que também teve Takaaki Nakagami se acidentando.

Fabio Quartararo

O campeão Fabio Quartararo foi o quinto, na frente de Johann Zarco e Brad Binder. Atrás de Bastianini e na frente de Rossi no top 10, tivemos Aleix Espargaró.

1. Francesco Bagnaia / Ducati Team (GP21) 41m 15.481s
2. Jorge Martin / Pramac Ducati (GP21) +0.489s
3. Jack Miller / Ducati Team (GP21) +0.823s
4. Joan Mir / Suzuki Ecstar (GSX-RR) +5.214s
5. Fabio Quartararo / Monster Yamaha (YZR-M1) +5.439s
6. Johann Zarco / Pramac Ducati (GP21) +6.993s
7. Brad Binder / Red Bull KTM (RC16) +8.437s
8. Enea Bastianini / Avintia Ducati (GP19) +10.933s
9. Aleix Espargaro / Aprilia Gresini (RS-GP) +12.651s
10. Valentino Rossi / Petronas Yamaha (YZR-M1) +13.468s
11. Franco Morbidelli / Monster Yamaha (YZR-M1) +14.085s
12. Andrea Dovizioso / Petronas Yamaha (YZR-M1) +16.534s
13. Alex Marquez / LCR Honda (RC213V) +17.059s
14. Miguel Oliveira / Red Bull KTM (RC16) +18.221s
15. Iker Lecuona / KTM Tech3 (RC16) +19.233s
16. Maverick Viñales / Aprilia Gresini (RS-GP) +19.815s
17. Luca Marini / Sky VR46 Avintia Ducati (GP19) +28.860s
18. Danilo Petrucci / KTM Tech3 (RC16) +32.169s

Abandonaram
Alex Rins / Suzuki Ecstar (GSX-RR)
Takaaki Nakagami / LCR Honda (RC213V)

Notícias relacionadas

Honda NT1100R: Inspirada na VFR com o ‘coração’ da NT1100

Marcelo Nunes

Suzuki GSX-8R 2024: A confirmação vem da Suiça!

Marcelo Nunes

Nova Suzuki Katana 1000

Marcelo Nunes

Deixe um comentário