fbpx
The Riders Histories
Notícias

Breve no Brasil, moto mais barata da Triumph custará R$ 26 mil nos EUA

Speed 400 desembarcará nas lojas de lá junto com a Scrambler 400. Motos foram feitas em parceria com a Bajaj

Apresentadas em julho, a dupla de motos mais baratas da Triumph, chamadas de Speed 400 e Scrambler 400, já causaram impacto no mercado indiano. Por lá, a dupla custa o equivalente a uma Honda CG 160 no Brasil e vendeu em média 1.000 unidades por dia logo após a sua apresentação. Vale lembrar que as motos foram desenvolvidas em parceria com a indiana Bajaj.

No entanto, ainda não se sabia quando Speed 400 e Scrambler 400 passariam a ser comercializadas em outros mercados, quão menos qual seriam os preços. Agora, a Triumph divulgou as opções e valores para sua dupla de entrada para o mercado estadunidense, onde elas chegarão às lojas em algum momento de janeiro. As motos mais em conta já têm uma página dedicada no site brasileiro da Triumph para mercado brasileiro e podem chegar por aqui já no ano que vem também.

Começando pela Speed 400, a moto mais barata da Triumph custará US$ 4.995. Na conversão direta da moeda, o modelo sairá por a partir do equivalente a R$ 25.760. Já para a Scrambler 400, que tem a mesma plataforma, mas com visual mais aventureiro, os valores para os EUA partirão de US$ 5.595, que dá cerca de R$ 28.853. Atualmente, a moto mais barata da Triumph no Brasil é a Trident 660, por R$ 49.990.

O que sabemos da Triumph Speed 400?

A Triumph Speed 400 é equipada com um motor monocilíndrico de 398 cm3 de capacidade, já com arrefecimento a líquido. Ele é capaz de entregar 40 cv de potência a 8.000 rpm e 3,8 kgfm de torque a 6.500 rpm. O câmbio é mecânico de 6 velocidades. A Speed 400 usa um novo design híbrido de quadro de perímetro feito de aço tubular, juntamente com um subquadro traseiro aparafusado.

A suspensão dianteira é composta por um garfo invertido com tubos de 43 mm que oferecem 140 mm de curso. A suspensão traseira consiste em um monoamortecedor de pré-carga ajustável com um reservatório externo. O propulsor é o mesmo na Scrambler 400 também.

Quanto aos freios, a Speed 400 recebe uma pinça radial de quatro pistões na frente com disco de freio de 300 mm. Na traseira, há uma única pinça flutuante e um disco de 230 mm. O ABS é de fábrica, assim como as linhas de freio de aço inoxidável trançadas. A Speed 400 usa rodas de liga leve de 17 polegadas de diâmetro, que vêm envoltas em pneus Metzeler Sportec M9RR de fábrica. Nas medidas, a nova Triumph Speed 400 tem 1.376 mm de entre-eixos. Tanque de combustível acomoda até 13 litros de combustível e o peso declarado é de 170 kg.

A nova moto mais barata da marca possui um acelerador eletrônico. Ele também vem com controle de tração desligável, bem como ABS dianteiro e traseiro, fornecidos pela Bosch. Um velocímetro analógico com uma tela LCD integrada faz a vez de painel de instrumentos na Speed 400, e você pode acessar sua funcionalidade por meio de um botão montado no guidão.

Há também uma porta de carregamento USB-C. Como a maioria das novas motos lançadas em 2023, Triumph Speed 400 vem com iluminação totalmente por lâmpadas de LED. Uma trava de direção e um imobilizador também vêm de série na Speed 400. A Triumph Speed 400 2024 será vendida na Índia em três opções de pintura: Carnival Red, Caspian Blue ou Phantom Black.

Notícias relacionadas

Yamaha Lander 2024: Preços e Ficha Técnica

Marcelo Nunes

Honda Twister 300 já vende mais do que Yamaha Fazer 250? Veja análise

Marcelo Nunes

Kove 321F Cafe Racer: Desportiva neo-retro para (re)despertar paixões

Marcelo Nunes

Deixe um comentário