fbpx
The Riders Histories
Dicas

CONFIRA 5 DICAS INDISPENSÁVEIS DE DIREÇÃO DEFENSIVA PARA MOTOCICLISTAS

As motocicletas estão entre os principais veículos mais utilizados no transporte urbano. Nos grandes centros ou em regiões periféricas, esse modelo de condução é bastante comum, sendo empregado em diversas finalidades, como deslocamento de pessoas e de cargas. Isso se explica pela sua grandes vantagens relacionadas à economia com combustível, custo baixo com manutenção, bem como maior agilidade e precisão para andar no trânsito caótico de diversas regiões brasileiras.

No entanto, nem tudo são só benefícios. As motos apresentam também maior vulnerabilidade, pois deixam o motociclista mais exposto aos agentes externos da via, o que, por vezes, contribui para que desatenções e imprudências nas ruas sejam fatais. Por isso, é fundamental cumprir com as obrigações no trânsito e praticar a direção defensiva.

Caso você não tenha muita noção sobre esse tema, preparamos este artigo contendo as 5 principais dicas para que você possa aumentar sua segurança em duas rodas. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

1. Ter atenção ao ponto cego

A princípio, um dos temas bastante importantes quanto à direção defensiva está relacionado à atenção ao ponto cego. A esse respeito, vale ressaltar que o motociclista deve atentar a duas questões: o ponto cego da moto e dos carros ao redor do seu veículo. No caso da motocicleta, uma medida de segurança é virar a cabeça rapidamente ao mudar de pista, bem como olhar o retrovisor.

Por dispor de uma dimensão relativamente pequena, os retrovisores apresentam vários pontos cegos. Por isso, avaliar as condições além do espelho pode ser bastante eficaz. No entanto, esse procedimento deve ser efetuado rapidamente, pois a situação do trânsito à frente pode mudar em questão de segundos. Há também a necessidade de prestar atenção aos pontos cegos dos carros a sua volta. Isso porque no automóvel há vários pontos em que a visão do motorista é limitada.

Mais precisamente o carro pode ter 8 pontos cegos: dois deles estão localizados ao lado do para-brisa; outros dois no meio do carro; mais dois nas colunas traseiras e mais dois ligados aos espelhos retrovisores laterais. Dependendo da condição física do condutor pode haver mais limitações em sua visão. Desse modo, quando o motoqueiro desloca seu veículo por um desses pontos, aumentam as chances de acidente por conta de o motorista do carro não perceber sua presença. Entendendo, essa medida defensiva, é possível aumentar bastante a segurança para motoqueiros no trânsito.

2. Manter uma distância segura do veículo que está à frente

Outra dica que deve ser mencionada se baseia em manter uma distância segura do veículo que trafega à frente da sua moto. Esse assunto é a causa de muitos acidentes no trânsito urbano, pois muitos condutores negligencia essa medida de segurança e dirigem “colados” no veículo da frente, ocasionando batidas por freadas bruscas.

Por isso, é preciso evitar ao máximo esse risco, pois, no caso da moto, qualquer susto seguido e contato entre veículos pode levar o motociclista ao chão e deixá-lo vulnerável no meio da pista. A percepção humana de alguma avaria no trânsito não é instantânea. Há um curto período até que o condutor inicie sua reação após a visualização de algum problema. Por isso, manter curtas distâncias entre o carro ou moto a sua frente faz com que você não seja capaz de tomar uma medida de segurança a tempo, o que pode provocar acidentes graves.

Dessa forma, dirija sempre respeitando não só a distância de segurança, mas também os limites de velocidade, e tenha total atenção às condições da via a sua volta. Essa, sem dúvida, é uma postura de direção defensiva que pode livrar você de grandes apuros no trânsito.

3. Andar sempre com o farol da moto ligado

Mesmo que andar com o farol ligado até mesmo durante o dia na estrada tenha se tornado obrigatório, ainda é muito comum encontrar motoqueiros negligenciando essa regra. No trânsito urbano, que não conta com nenhuma definição específica sobre manter os faróis ligados, é ainda mais comum perceber esse tipo de situação. Mesmo assim, especialistas recomendam que, principalmente para os veículos de porte médio e pequeno, o condutor permaneça com o farol da moto ligado o tempo todo.

Essa medida defensiva tem a finalidade de aumentar a percepção do veículo no trânsito, pois até mesmo durante o dia com a claridade solar é possível melhorar a visão de um carro ou moto com os faróis ligados. Além disso, também minimiza os problemas ocasionados pelos pontos cegos do veículo. Desse modo, consegue-se diminuir as possibilidades de acidentes, pois os outros motoristas podem notá-lo mais facilmente e, assim, evitar problemas mais graves.

4. Utilizar a buzina para prevenir acidentes

Outra ação que pode tirar você de situações bastante complicadas no trânsito é utilizar a sinalização sonora. A esse respeito, é muito comum motoristas se distraírem por alguns instantes, o que pode acarretar em colisões e acidentes no trânsito. Uma forma de você alertar os carros e demais veículos a sua volta que está perto, bem como chamar a atenção daqueles que não estão com total sentido no trânsito, é por meio do acionamento da buzina da moto, aumentando sua sinalização e segurança.

5. Usar equipamentos de segurança

Quando se pensa em equipamentos de segurança para motos é comum ter logo em mente os capacetes. Entretanto, o motociclista precisa atentar a outros itens que podem deixá-lo mais protegido ao transitar com sua moto. Equipamentos como luvas, capa de chuva, botas e jaquetas, embora não sejam obrigatórias, podem ajudar em possíveis apuros no trânsito. Além disso, é aconselhado utilizar vestimentas que contenham algum tipo de sinalização, visando a aumentar a visibilidade do motoqueiro e garantir uma direção segura e defensiva.

Portanto, essas foram as principais dicas de como melhorar sua segurança por meio da prática de direção defensiva. Percebe-se que é possível evitar vários problemas por meio de algumas práticas e ações simples no trânsito, aumentando sua segurança e a dos demais condutores.

Gostou do artigo?

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

FONTE:https://blog.pantaneirocapas.com.br/direcao-defensiva/

Notícias relacionadas

Liga leve ou raiadas: Desvendando as Rodas da Sua Moto

Marcelo Nunes

Combustível caro? Aprenda a evitar desperdício

Marcelo Nunes

Filtros de Ar para Motos: Escolha o Ideal para o Seu Motor!

Marcelo Nunes

Deixe um comentário