fbpx
The Riders Histories
Notícias

Ducati e Supreme criam edição limitada da Streetfighter V4

Ducati e Supreme

Ducati e Supreme, duas marcas unidas pela busca constante e incansável por qualidade, estilo e autenticidade, unem-se numa colaboração inédita e exclusiva apoiada pela Drudi Performance.

A contaminação entre o dinamismo do mundo Ducati e as linhas underground da Supreme constitui o tema de uma coleção de série limitada composta por uma Streetfighter V4 S, vestuário técnico coordenado com a moto e uma série de propostas de lifestyle unidas pelo estilo e exclusividade das duas marcas.

Ducati e Supreme
Ducati e Supreme

O design da coleção remete para o icónico logótipo na caixa de cor branca/vermelha da Supreme. Do estilo Supreme, esta cápsula recebe também a abordagem exclusiva à distribuição tornada icónica pela marca: toda a coleção, incluindo a mota, estará disponível numa série muito limitada e por um período bem definido.

Ducati e Supreme
Ducati e Supreme

Projeto gráfico

Aldo Drudi assina o projeto gráfico. Em colaboração com a Supreme, Aldo criou uma pintura cheia de detalhes únicos e exclusivos, no estilo underground típico da marca nova-iorquina, que fazem da Streetfighter Supreme uma obra de pop art, embelezada com componentes técnicos que a tornam ainda mais única.

As pinças de travão dianteiras Brembo Stylema tornam-se um elemento de estilo, graças à exclusiva cor vermelha com logótipo branco que reflete os tons da pintura. As jantes combinam o logótipo Supreme com uma etiqueta colorida, um elemento estilístico que caracteriza todas as Ducati mais recentes.

Ducati e Supreme
Ducati e Supreme

Sentar na moto torna-se uma experiência única, graças ao número do modelo inscrito na mesa de direção e à animação dedicada no painel de instrumentos quando se liga a ignição. E, como todas as Ducati colecionáveis mais valiosas, a Streetfighter Supreme é entregue numa caixa de madeira exclusiva, dentro da qual é inserido um kit de acessórios noutra caixa que inclui o certificado de autenticidade, uma capa de moto dedicada e todos os componentes para transformar a moto na configuração de dois lugares.

Leia também:

Ducati e Supreme

Vestuário Ducati e Supreme

A Supreme trabalhou com a Ducati e Aldo Drudi da Drudi Performance numa coleção de roupas técnicas, para aqueles que querem explorar as qualidades desportivas da Streetfighter V4 Supreme em pista ou em estradas de montanha. É composta por um fato de competição Dainese, blusão Dainese, capacete Arai RX-7 V EVO.

Ducati e Supreme

O blusão de couro desportivo é uma mistura perfeita de proteção e estilo, produzido pela Dainese e certificada pelos mais altos padrões. O fato de cabedal é o clássico fato de competição da Ducati. Ambos estão decorados com um design exclusivo criado pela Supreme em colaboração com Aldo Drudi, e produzido pela Dainese numa edição limitada.

Ducati e Supreme

O capacete de pista é caracterizado por uma pintura especial e tem por base o Arai RX-7 V EVO. Portadoras do sinal inconfundível da Drudi Performance e produzidas pela Spidi, as luvas encerram a cápsula de vestuário para motos desta colaboração exclusiva.

A coleção lifestyle é composta por um casaco desportivo, casaco com capuz, camisola de futebol, calças de treino, duas T-Shirts e boné que serão colocados à venda exclusivamente através dos canais Supreme juntamente com o capacete e as luvas.

Ducati e Supreme

O fato de cabedal de competição Dainese e o blusão de couro desportivo Dainese estão disponíveis exclusivamente através do programa Ducati SuMisura apenas para os clientes Streetfighter Supreme, que também terão a oportunidade de comprar o capacete de corrida através do mesmo canal.

Continue navegando no portal The Riders e acelere com a gente!

Acesse nossas sessões Riders CustomRiders Speed, Riders TrailRiders ElétricaRiders Cross e fique ligado nas novidades! 

Notícias relacionadas

Yamaha Crosser 2024: Aumenta em R$ 700

Marcelo Nunes

SYM Mamba 160: A Versátil e Ágil Crossover

Marcelo Nunes

‘Vacina antifurto’: conheça nova tática de motociclistas para impedir roubos

Marcelo Nunes

Deixe um comentário