The Riders Histories
Notícias

Fazer 250: registro mostra como deve ser o modelo 2021.

Uma nova Fazer 250 pode estar à caminho. Alguns meses depois da nova geração da FZ25 chegar à Ásia, a Yamaha do Brasil registrou a patente do modelo junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), o que aconteceu recentemente.

Um registro de patente é, na maioria dos casos, apenas uma forma de garantir a propriedade intelectual daquele produto. Assim, não significa que o modelo em questão estará disponível ao mercado local em breve. Entretanto, este foi exatamente o mesmo processo que ocorreu lá em 2017 e acabou dando origem à atual geração da Fazer.

Nova Fazer 250 2021

Podemos dizer que a FZ25 é a irmã asiática da ‘nossa’ Fazer, uma vez que as duas compartilham a mesma plataforma e praticamente todos os componentes. Inclusive o conjunto mecânico, com motor monocilíndrico que gera 21 cv, e o chassi diamante (onde o motor faz parte da estrutura) são gêmeos.

A nova geração da FZ (e, provavelmente, da Fazer) a aproxima novamente da MT-03. Assim, adota elementos estéticos que remetem diretamente à nova geração da MT.

As novidades focam no visual e em alguns componentes eletrônicos. Assim, o destaque está no novo conjunto óptico, que conta com farol de LED com canhão único para os feixes de luz alto e baixo, bem ao estilo da MT.

Além disso, a ‘nova Fazer’ adota um inédito modelo de painel digital – agora negativo – e DLR, o indicador de luz diurna. Ainda, há um spoiler junto ao motor e um segundo paralama traseiro, itens que podem não chegar ao modelo brasileiro.

Motor e mecânica

Poderia ser resumido em duas palavras: segue igual. Assim, é mantida exatamente a mesma receita que conhecemos. Motor de um cilindro, com 249 cm³, com duas válvulas, arrefecido a ar e radiador de óleo. Desse modo, rende potência máxima de 21,5 cv e 2,1 kgf.m de torque. O câmbio permanece o de cinco marchas.

Preço, venda e mercado no Brasil

Como o registro de propriedade há pouco foi registrado no Brasil ainda é muito cedo para afirmar se a novidade virá ou não ao país. Por enquanto, sequer a (nem tão) nova geração da MT-03 que adota apenas alguns novos elementos no design e eletrônica, chegou por aqui.

Entretanto, há grande probabilidade que a Fazer 2021 adote as mudanças apresentadas pela FZ25, especialmente porque são sutis, limitando-se ao visual, não exigindo grandes adaptações no atual processo de montagem. Vale lembrar que a Fazer à venda no país hoje já está alinhada com a FZ desde 2017.

Ainda, outro fator que deve acelerar essa atualização é a boa aceitação do mercado ao modelo. Em 2019, a Fazer 250 foi a moto mais vendida da Yamaha no território nacional, com 25.328 unidades, na frente até mesmo de XTZ Crosser (24.570) e Factor 150 (22.499). Em 2020, de janeiro a abril, ela se manteve no posto, com praticamente 7 mil emplacamentos.

Notícias relacionadas

3 anos de Ajuricabas Moto Clube – Os rebeldes da Amazônia

KSI Tecnologia

Workshop Internacional com Kaitlin Riley e Lylian Tsai

The Riders

Novidade na Triumph

The Riders