fbpx
The Riders Histories
Notícias

Honda ADV ganha motor de 160 cm³ na Indonésia

Produzido lá, modelo passou a ter quatro válvulas no cabeçote, quase 16 cv, controle de tração e painel bem aprimorado

Honda apresentou, na Indonésia, a nova geração do scooter ADV. Por que na Indonésia? Porque o scooter é fabricado lá e aquele país é um dos três maiores mercados do mundo para motos e scooters, ao lado de Índia e China.

A principal mudança aconteceu no motor, que sofreu aprimoramentos para atender às exigências de emissões Euro 5. Chamado de eSP, tem boas diferenças em comparação ao usado anteriormente – e que está presente no modelo vendido no mercado brasileiro.

O motor passou a ter quatro válvulas no cabeçote e as medidas de diâmetro e curso foram alteradas. O diâmetro aumentou de 57,3 mm para 60 mm, e o curso do pistão diminuiu de 57,9 mm para 55 mm. Ou seja, agora o pistão sobe e desce um pouco menos. Além disso, a taxa de compressão subiu de 10,6:1 para 12:1.

Com essas alterações, o motor, que continua monocilíndrico e refrigerado a água, passou a ter 156 cm³15,8 cv de potência a 8.500 rpm e torque de 1,5 kgf.m a 6.500 rpm. Antes, eram 149 cm³15 cv a 8.500 rpm e 1,4 kgf.m a 6.500 rpm.

No ADV vendido no Brasil, também são 149 cm³, mas com 13, 2 cv e 1,3 kgf.m nas mesmas faixa de rotação. Esse mesmo motor é usado em outros scooters da Honda vendidos nos mercados asiáticos e europeus – Vario 160Airblade 160 e até no SH 150i, que apesar do número 150 é, na verdade, um “156“.

Fora isso, a outra novidade mecânica/dinâmica foi a chegada do controle de tração. Mas suspensõesfreios e pneus continuam iguais. Já a altura do banco diminuiu de 79,5 cm para 78 cm E o espaço porta-objetos sob os assentos aumentou um pouco – mas a marca não informou os números.

design do ADV, por sua vez, sofreu mudanças muito discretas, quase imperceptíveis, nas carenagens. E o para-brisa, que continua com altura regulável, ganhou uma fresta no meio, para canalizar o vento e reduzir turbulências.

Ali na frente, no painel de instrumentos, novidades melhores: saiu o econômetro e entrou em seu lugar um conta-giros circular, e o calendário que existia antes deu lugar à indicação de funcionamento do controle de tração.

Esse novo ADV 160 começa a ser vendido nos mercados asiáticos até setembro. Não há previsão de chegada ao Brasil, mas se levarmos em conta que o ADV é montado  em Manaus (AM) com peças que vêm de fora, é crível pensar que poderemos ter esse “upgrade” lá para 2023.

Confira abaixo um vídeo de apresentação do Honda ADV 160. Se o caro leitor entender indonésio, vai ser mais divertido!

Fonte: https://www.webmotors.com.br/wm1/motos/honda-adv-ganha-motor-de-160-cm-c2-b3-na-indonesia

Notícias relacionadas

Novas BMW G 310 GS e G 310 R em pré-venda na Índia

The Riders

Honda CB 500X vai ficar muito aventureira

The Riders

Meteor 350: uma nova Royal Enfield está chegando no Brasil.

The Riders