The Riders Histories
Mundo Speed

Márquez vence após strike de Lorenzo

Jorge Lorenzo facilitou vitória do companheiro de equipe após cair da moto e levar junto todos os concorrentes de Márquez: Rossi, Viñales e Dovizioso

 

O GP da Catalunha da MotoGP começou bastante agitado. Cinco pilotos disputaram a liderança da largada até a segunda volta da corrida. Andrea Dovizioso estava na ponta, disputando com Marc Márquez, quando Jorge Lorenzo que vinha em quarto, caiu de sua moto e fez um strike com Dovizioso, Maverick Viñales e Valentino Rossi. Com isso, Márquez ficou livre para vencer a prova com facilidade.

Os primeiros momentos da prova prometiam uma intensa briga pela vitória. Na largada, Dovizioso e Márquez largaram melhor e superaram Fabio Quartararo. Viñales veio da segunda fila para brigar com os dois primeiros. Enquanto Valentino Rossi conseguiu ganhar uma posição e vinha em quarto.

Jorge Lorenzo partiu da décima posição na largada para tomar a quarta posição de Valentino Rossi, ainda no final da primeira volta. Mas no fim da segunda volta, Lorenzo cometeu um erro na curva 10, perdeu o equilíbrio e caiu de sua moto, levando junto Dovizioso e Viñales. Valentino Rossi que vinha logo atrás, tentou desviar, mas não conseguiu e também foi para fora da pista. Os quatro abandonaram a corrida.

Deste ponto em diante, Marc Márquez dominou a prova, distanciando-se dos demais e seguindo sozinho até a bandeirada. A briga ficou por conta de Danilo Petrucci, Alex Rins e Fabio Quartararo, que lutaram por cerca de 15 voltas pela segunda posição.

Quando faltavam sete voltas para o fim da prova, Rins perdeu o ponto de freada e saiu da pista, deixando a disputa pelo pódio. Na sequência, Fabio Quartararo ultrapassou Danilo Petrucci e seguiu sem ser ameaçado até o fim da prova.

As quedas foram frequentes na corrida, e apenas 13 pilotos completaram o GP da Catalunha. Alex Rins ainda conseguiu se recuperar e terminou a prova na quarta posição, e de quebra, se consolidar na segunda colocação no campeonato, atrás apenas de Marc Márquez.

Notícias relacionadas

Cópia chinesa: agora é a vez da Yamaha R 3 ter a sua

Marcelo Nunes

Viñales vence com emoção e lágrimas no rosto

Marcelo Nunes

KTM REVELA CORES DAS MOTOS PARA 2021

Marcelo Nunes

Deixe um comentário