fbpx
The Riders Histories
Mundo SpeedRiders-Speed

MotoGP: Bagnaia não tem fraturas após acidente e correrá GP de San Marino; Bastianini está fora da etapa de Misano

Bastianini sofre o segundo afastamento no ano por lesão após fratura no ombro no GP de Portugal

O líder e atual campeão da MotoGPFrancesco Bagnaia, está bem após o grave acidente sofrido na primeira volta do GP da Catalunha deste domingo. Segundo o boletim oficial, o italiano não sofreu nenhuma fratura e está confirmado para a etapa da próxima semana, em Misano, uma situação bem diferente do seu companheiro de equipe, Enea Bastianini.

Pecco foi envolvido em um acidente grave nas primeiras curvas do GP. Ele atacou demais a zebra na saída da curva 2 e foi ejetado da moto, caindo no meio da pista. O líder do Mundial teve sua perna atropelada por Brad Binder na KTM, que não teve como evitá-lo.

O italiano e seu companheiro de Ducati, Enea Bastianini, que causou um ‘strike’ na curva 1, foram levados ao centro médico e, posteriormente, ao Hospital Geral da Catalunha.

Em entrevista à DAZN, o diretor médico da MotoGP, Ángel Charte, disse que Bagnaia está “bem”, tendo escapado de uma consequência mais séria do acidente. Ele ainda passará por mais exames neste domingo para ver se uma outra lesão que foi detectada é nova ou antiga.

“Pecco está bem. Ele teve um politraumatismo grave. Uma moto passou por cima da área de seu fêmur e tíbia. Tiramos um raio-x e detectamos uma pequena lesão que não sabemos se é nova ou velha”.

“Precisamos fazer uma ressonância urgente, que será feita no Hospital Geral da Catalunha. Nas áreas cranial e torácica tudo está normal. Ele está consciente”.

Posteriormente, a Ducati confirmou que Bagnaia sofreu múltiplas contusões, mas nenhuma fratura. Com isso, ele acompanhará a equipe no GP de San Marino do próximo final de semana. Pelas redes sociais, Pecco publicou uma foto com a legenda: “Hoje só posso dizer muito obrigado”.

Já Bastianini sofreu fraturas na perna e na mão esquerda por causa da batida.

“Enea tem uma fratura do maléolo tibial da perna esquerda e uma fratura no metacarpo da mão esquerda. A fratura na tíbia pode exigir cirurgia. Ambos estão conscientes”.

A Ducati confirmou que Bastianini sofreu uma fratura não-deslocada do maléolo medial do tornozelo esquerdo e uma fratura subcapital do segundo metacarpo da mão esquerda. O italiano precisará de uma cirurgia, que acontecerá nos próximos dias e, com isso, está fora do GP em Misano.

Esta é a segunda vez que a temporada de Bastianini é prejudicada por uma lesão. O italiano sofreu uma fratura no ombro no GP de Portugal que o deixou de fora de cinco GPs.

fonte: https://motorsport.uol.com.br/motogp/news/motogp-bagnaia-nao-tem-fraturas-apos-acidente-e-correra-gp-de-san-marino-bastianini-esta-fora-da-et/10515663/

Notícias relacionadas

Jorge Martin é imparável, vence a corrida Sprint em Mandalika e é o novo líder do MotoGP

Marcelo Nunes

Aprilia cita F1 e sugere nova classificação para deixar pilotos “livres” na sexta-feira

Marcelo Nunes

Suzuki Hayabusa: falcão faz aniversário de 25 anos

Marcelo Nunes

Deixe um comentário