fbpx
The Riders Histories
Notícias

Motos automáticas são uma boa opção como veículo de baixo orçamento?

áceis de pilotar as motos automáticas têm sido uma boa opção de baixo custo para enfrentar, e fugir, dos trânsitos intermináveis das cidades

Cada vez mais vemos o aumento de motos automáticas circulando nas cidades. Reflexo de um trânsito vagaroso e do transporte público cada vez mais abarrotado, muitas pessoas optam por este modelo a fim de fugir em meio ao fluxo.

Estes são os passos iniciais para as pessoas começarem a olhar com interesse para motos. Em seguida vem o fato que as motos são um veículo de baixo orçamento comparado com aos carros, não só no quesito que valor final do produto, como em manutenção.

A manutenção de um carro além de ser mais complexa que de uma moto é mais cara, tanto em peças, quanto na mão de obra. A troca de pneus é um bom exemplo, enquanto encontramos bons pneus de moto em torno de R$ 120, os pneus de carro saem acima de R$ 290, um gasto considerável.

E as motos automáticas? 

As scooters tem ganhado notoriedade no mercado de motos pela praticidade ao pilotar. Geralmente um novo habilitado recebe a indicação de procurar inicialmente por uma moto automática, por conta do câmbio automático, que dispensa o uso de pedal na troca de embreagem.

Isso foi o que fez as motos automáticas caírem no gosto popular, a facilidade por só acelerar e frear, além da comodidade de ir sentado, não montado, como nas motos comuns. 

Entra na conta também o fato de que os modelos de entrada de uma scooter zero quilometro, como a Honda Elite, saem a partir de R$12.900. A moto de entrada Honda Pop 110i, também zero quilometro, sai ainda mais barato, R$9.807, modelos usados tem um custo ainda melhor.

Aí entramos na questão de consumo, comparadas a um carro, a performance das motos por litro de gasolina é muito superior. O automóvel faz em torno de 15 quilômetros por litro de gasolina na cidade. 

Nas motos automáticas a variação de quilometragem por litro é pequena:

– Honda ADV: 51 Km/L

– Yamaha Neo: 49 Km/L

Nas motos comuns, a variação é maior:

– Honda Pop 110i: 55 Km/L

– Honda CG 160: 41 Km/L

E por nos atentarmos para os aumentos constantes do combustível nos últimos anos, essas informações são tão relevantes. O consumo de um automóvel econômico chega a ser três vezes mais que uma moto.

Financeiramente é notável como o investimento da moto é de baixo custo comparado a um automóvel, tanto no valor do bem, como na manutenção e consumo de combustível. O fator determinante é o fim para  

E entre as motos comuns e as motos automáticas, o que determina o diferencial que dá alguns pontos a frente para as scooters é a manutenção. A manutenção das motos comuns segue sendo mais barata, porém os modelos automáticos demandam menos manutenção, o que diminui seu custo. 

Fonte:https://www.bigtires.com.br/blog/post/motos-automaticas-custo-beneficio

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

Notícias relacionadas

Nova moto elétrica Yadea Keeness será lançada na Europa ainda neste ano

Marcelo Nunes

Passageira se joga de moto após motoboy seguir caminho diferente

Marcelo Nunes

Peugeot apresenta scooter elétrica que anda 112 km sem recarga, e com bateria removível

Marcelo Nunes

Deixe um comentário