fbpx
The Riders Histories
Notícias

Motos que não têm Marcha: 10 Melhores Modelos sem Embreagem

Da mesma maneira que ocorre com carros, o mercado tem investido na produção de motos que não tem marcha. Assim, os modelos automáticos vêm ganhando mais espaço no mercado. Confira algumas versões para quem busca por motos que não têm marcha!

Opções de motos que não têm marcha

As motos sem marcha são diferentes dos modelos comuns disponíveis no mercado visto que não trazem o sistema de troca manual. Nesse sentido, a lógica é a mesma dos carros automáticos, ou seja, o piloto não precisa trocar a marcha manualmente.

A tecnologia é relativamente nova, chamada de DTC, ou Dual Clutch Transmission, caracterizando as motos sem marcha. Há ainda alguns modelos semiautomáticos que podem ser operados com uma troca de marcha mais simples e digital.

Confira alguns modelos de motos automáticas:

1- Honda Elite 125

A Honda Elite é um modelo da marca que conta com a opção CVT. Dessa maneira, é uma boa scooter de entrada para os veículos sem embreagem para uso geral nas cidades.

A moto da Honda tem um motor de 125cc, chegando à potência máxima de menos de 10cv, mas sendo bastante econômica, já que consegue fazer até 50km/l com gasolina.

As versões 2023 da Honda Elite 125 saem de fábrica na casa dos R$12 mil.

2- Honda PCX 150 ABS

Honda PCX é um modelo de 149cc da marca que oferece também o sistema de embreagem automática CVT, apesar de ser uma scooter de entrada.

A moto é bem tecnológica e conta com iluminação FULL LED, sistema de freios ABS, controle de torque e alarme já de fábrica.

De acordo com a Honda, a PCX 150 ABS tem o preço médio na casa dos R$17 mil.

3- Honda Biz 125

A Honda Biz também é um dos grandes clássicos da Honda, sendo uma scooter muito popular no Brasil. A questão é que a Biz tem um câmbio semiautomático, mas não pede a troca de marcha nos pedais.

Além disso, a Honda Biz 125 tem uma tomada de 12V, painel 100% digital para os instrumentos e um motor muito econômico com um tanque de 5.1l. O preço inicial de saída de fábrica do modelo 2023 está na casa dos R$13 mil.

4- Honda Biz 110i

A 110i é outra versão da Honda Biz que traz um câmbio semiautomático em uma scooter competente de 12V e injeção eletrônica.

A Honda Biz 110i também é um dos modelos mais econômicos da categoria, com um motor competente para o uso na cidade. O preço da versão 2023 está na casa dos R$11 mil.

5- Yamaha XMAX

Yamaha XMAX ABS é uma scooter de 250cc, trazendo um motor mais potente do que as linhas 150. Nesse sentido, oferece quase 23cv para um uso competente no dia a dia das cidade.

A Yamaha XMAX é totalmente automática, contando com tecnologias como controle de tração, pistão forjado em alumínio e DIASIL para melhor vibração da moto.

O preço é um pouco mais alto do que as scooters comuns, com o mínimo de R$29 mil nas novas versões.

6- Kymko AK 550I

A moto importada trata-se de uma scouter super touring pronta para aguentar longas viagens na estrada, além do uso nas cidades.

Foto: Divulgação KymkoA moto traz uma interação digital que é marca do modelo, com uma tela bem dinâmica. A AK 500I também conta com modos de direção de chuva para adaptar a potência ao terreno.

Totalmente preparada para viagens, a moto da Kymko traz bancos confortáveis, porta-objetos, aquecimento de manoplas e outras features. Por conta do estilo mais premium, o preço de saída está na casa dos R$75 mil.

7- Honda X-ADV

A Honda X-ADV prova que dá para trazer muita potência e sofisticação em um modelo com a tecnologia automática da marca.

A moto com câmbio automático tem um motor potente de 4 tempos que chega a 749cc e até quase 60cv de potência. Dessa maneira, é uma moto com um design robusto para o trail.

Em termos de tecnologia, a X-ADV conta com tela totalmente conectável, smart key, controle de tração e torque e freios ABS. O preço base da moto está na casa dos R$87 mil, sendo um modelo de alto padrão.

8- Honda Africa Twin 1100

Honda Africa CRF 1000L é uma bem preparada para o big trail, com toda a estrutura para oferecer potência e segurança em longas viagens.

Com transmissão automática, o motor da Twin tem 1.084cc e potência máxima de quase 100cv. Além disso, a moto traz uma série de outras tecnologias como malas laterais, protetor de carenagem, TOP box e bolsas internas.

A Africa Twin também traz suspensão ajustável para diversos terrenos, além dos freios ABS. O preço dos modelos de 2023 tem início a partir de R$75 mil. 

9- Honda VRF 1200F

A Honda VRF é uma moto já antiga que é totalmente automática. O motor de 4 cilindros é bem forte, acima das 1000cc e traz uma moto robusta.

Em termos de tecnologia, a moto foi bem revolucionária na década passada, trazendo quase 200cv em um modelo automático. O último ano disponível de produção é 2013, com preço base na casa de R$50 mil pela moto.

10- Yamaha Neo 125

A Neo 125 é uma linha de 124,9cc da Yamaha que também conta com o sistema CVT de embreagem automática. A potência do motor também não é das maiores, mas traz uma economia muito potente com números de consumo próximos à Honda Elite.

A versão 2023 da Scooter Yamaha NEO 125 UBS tem a faixa de preço na casa dos R$12 mil, mas dá para encontrar versões mais antigas por menos de R$ 8 mil.

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

fonte: https://motos2021.com/motos-que-nao-tem-marcha/amp/?utm_source=recomendador&utm_medium=top10&utm_campaign=recomendador

Notícias relacionadas

Hero XPulse 200 4V: um esporte duplo prático e moderno da Índia

Marcelo Nunes

SYM DRGTB: A Nova Scooter Esportiva da SYM para 2024

Marcelo Nunes

Honda Monkey Z50J: Réplica de Ouro e Preço Exorbitante

Marcelo Nunes

Deixe um comentário