The Riders Histories
Mundo Speed

Nova CBR Fireblade: mais de 200 cv acelerando no Brasil

Talvez você não tenha notado, mas existe uma guerra silenciosa acontecendo no segmento de supersportivas. Com números cadas vez mais elevados de potência e reduzidos de peso, as fabricantes não se cansam de aprimorar projetos para um nicho onde cravar o menor tempo por volta é a lei.

É neste cenário que a Honda apresentou a nova CBR Fireblade, batizada de CBR 1000RR-R Fireblade, no final do ano passado. Agora o modelo está confirmado para vir ao Brasil em 2021, despejando seus 217 cv em ruas, estradas e pistas daqui – isso se o Promot5 não obrigar a montadora a reduzir a potência do modelo, claro.



No Brasil ela terá rivais à altura. Motos como a Ducati Panigale V4S (217 cv, 174kg e R$ 129.900) e BMW S 1000 RR (207 cv, 197 kg e R$ 110.500). Do Japão, ela enfrentará a conterrânea Kawasaki Ninja ZX-10R SE (203 cv, 208 kg em ordem de marcha e R$ 99.990). Vale lembrar que a Fireblade anterior, versão comercializada no Brasil, desenvolve ‘apenas’ 191 cv. Além disso, pesa 182 kg e seu preço sugerido parte de R$ 72.790.

Nova CBR Fireblade

A CBR 1000RR-R Fireblade SP conta com eletrônica e mecânica mais próximas da RC 213V, protótipo acelerado pelos irmãos Marc e Álex Márquez na MotoGP. O motor segue sendo um quatro cilindros em linha, de 999 cm³, mas com fôlego totalmente renovado. Agora, gera 217 cv a 14.500 rpm e tem torque de 11,52 kgf.m a 12.500 giros. O conjunto pesa 201 kg em ordem de marcha, considerando todos os fluídos.

No visual, a nova Fireblade apresenta formas que venceram um dos mais importantes prêmios do design internacional: o Red Dot Award, na categoria design de produto. Além disso, o estilo da superesportiva visa eficiência, com a aerodinâmica apresentando pequenos “winglets” situados no interior da carenagem. Na prática, as ‘asas’ são aletas destinadas a elevar a pressão aerodinâmica, assim como há no Mundial de Motovelocidade.

17YM CBR1000RR Fireblade SP

Muito mais que ‘apenas’ 217 cv

O chassi da nova CBR Fireblade é inédito, numa estrutura de trave dupla de alumínio onde a evoluída suspensão Öhlins Smart EC, com interface eletrônica OBTi (Objective Based Tunning interface), permite regulagem via painel de instrumentos. Por falar nele, o painel, claro, é uma tela TFT.

Via painel é possível gerenciar diversos recursos eletrônicos, incluindo os modos de pilotagem, nove opções de controle de tração, três de “antiwheelie”, amortecedor de direção, freio motor. Também, é possível ajustar o freio ABS ou simplesmente desligá-lo. Tudo isso comandável através de um joystick situado no punho esquerdo. Um verdadeiro playground de gente grande.

Preço da nova CBR Fireblade

O conjunto ainda conta com freios Brembo de pinças Stylema e rodas 17 polegadas que calçam pneus Pirelli Diablo Supercorsa SP V3. Além disso, claro, há câmbio”quickshifter”.

Na Europa a Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP parte dos 26.200 euros (pouco mais de R$ 163 mil), enquanto no Estados Unidos seu preço sugerido é de 28.500 dólares (R$ 143.200). Para o Brasil, data de lançamento e o preço ainda não foram divulgados pela fabricante.

Notícias relacionadas

MotoGP: cancelamento da temporada 2020 por um fio!

The Riders

Ducati Panigale V4 R 2019

The Riders

Marc Márquez vence MotoGP da Austrália e chega a 11ª vitória

The Riders