fbpx
The Riders Histories
Notícias

Roubos e furtos de motos aumentam 29%; confira os bairros com mais crimes

Capital Paulista registrou mais de 12.500 ocorrências na Região Metropolitana de São Paulo em 2023

Os roubos e furtos de motos dispararam e aumentaram nos primeiros cinco meses de 2023 na Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com dados da Ituran Brasil, a partir de dados apurando com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), foram 12.531 ocorrências na região citada. O número representa uma alta de 29% em relação ao mesmo período do ano passado. Só na capital paulista, foram registradas 7.868 ocorrências, um avanço de 36% no comparativo ao mesmo período. O levantamento aponta o Centro na liderança, com 568 ocorrências, seguido por Santana, na zona norte, com 209 registros. Segundo o coordenador de operações da Ituran Brasil, Fernando Correia, o bairro obteve um aumento expressivo de 140%. Vila Mariana saltou para o terceiro lugar no ranking após registrar um aumento de 95% nas ocorrências. “Em 2022, foram 87 casos; neste ano, são 209. O mesmo aconteceu para a Vila Mariana, que teve 103 casos em 2022, e subiu para 201 em 2023, um aumento de 95%. Com isso, o bairro passou da 8ª posição para 3º no ranking”, detalhou.

Em relação ao dados do municípios, Osasco subiu do 5º para o 2º no ranking. A cidade registrou um aumento de 57%, subindo de 380 para 596 ocorrências, segundo o levantamento. A maioria das ações criminosas ocorre no centro do município. “O lugar preferido para os ladrões de moto em Osasco é a região central, onde 97% dos casos são furtos. Em 2022, foram 63 ocorrências no centro da cidade; já em 2023, são 115, um aumento de 82,5%”, destacou Correia. Entre os modelos mais visados, a Honda CG 160 segue na liderança do ranking. O número de ocorrências subiu de 2.809, em 2022, para 4.047, em 2023, um crescimento 44%. De acordo com a Ituran, na soma dos modelos 125cc, 150cc e 160cc da marca, foram 5.113 unidades roubadas/furtadas, um crescimento de 35,1%. O destaque fica para a Yamaha Fazer, que aparece em segundo lugar no ranking de modelo mais visados pelos criminosos. Neste ano, foram 677 casos nos primeiros cinco meses deste ano, contra 561 ocorrências no ano passado.

Confira o ranking dos bairros

  • Centro – 568
  • Santana – 209
  • Vila Mariana – 201
  • Santo Amaro – 174
  • Ipiranga – 162
  • Barra Funda – 149
  • Capão Redondo – 148
  • Tatuapé – 146
  • Mooca – 145
  • Campo Limpo – 143

Confira o ranking dos municípios 

  • São Paulo – 7.868
  • Osasco – 596
  • São Bernardo do Campo – 517
  • Santo André – 452
  • Guarulhos  – 441
  • Diadema – 351
  • Carapicuíba – 287
  • Mauá – 264
  • Cotia – 213
  • Taboão da Serra – 161

Confira o ranking dos modelos 

  • Honda CG 160 – 4.047
  • Yamaha Fazer 250 – 677
  • Honda CG 150 – 673
  • Honda PCX 150 – 673
  • Honda CBX 205 Twister – 509
  • Honda XRE 300 – 508
  • Honda CG 125 – 393
  • Yamaha XTZ 250 Lander – 376
  • Honda NXR160 Bros – 285
  • Yamaha MT 03 – 248

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

fonte: https://jovempan.com.br/noticias/brasil/roubos-e-furtos-de-motos-aumentam-29-confira-os-bairros-com-mais-crimes.html

Notícias relacionadas

Teste do Kymco AK 550 Premium: Excelência Tecnológica

Marcelo Nunes

Royal Enfield Super Meteor 650 chega na Argentina por R$ 50 mil

Marcelo Nunes

Suzuki GSX-S 1000 X 2024: Nova crossover baseada na GT

Marcelo Nunes

Deixe um comentário