The Riders Histories
Notícias

Royal Enfield Meteor 350

O modelo mistura o conceito clássico do motopurismo em seu motor, com uma pegada custom e bons mimos tecnológicos para ser a moto de entrada da marca na Índia e, conforme falaremos, em breve por aqui. Para se ter uma ideia, ela traz até um “sub painel” menor no lado direito que exibe direções de navegação direto do Google Maps.Mas o que essa pequena motocicleta de 350 cilindradas tem que está chamando tanto atenção dos brasileiros? Vamos ver a seguir!

Nova Royal Enfield Meteor 350

Começando pelo design, ao primeiro olhar a nova Meteor 350 parece ser apenas uma versão atualizada da conhecida Thunderbird X que a Royal Enfield já havia lançado.

Segundo a própria Royal, nada da Thunderbird X 350 foi repassado para a Meteor 350. O visual da nova moto segue a receita clássica com espelhos retrovisores redondos e cromados, para-brisa com tamanho ideal para proteger nas viagens, farol redondo com DRL circular em LED, clássico tanque em formato de gota, assento em dois níveis com apoio para as costas do garupa e lanterna traseira redonda com LED em formato de ‘ring light’.

As rodas do modelo, semelhante à de outras motos desse estilo, completam um design clássico, mas rebuscado. As opções de cores, bem vivas como a cor amarela diga-se de passagem, dão o toque jovem e moderno ao modelo.

Royal Enfield Meteor 350 Design

Realmente a Royal quis dar um toque Premium para essa moto, os detalhes da pintura em preto fosco e os cromados estão bem combinados vocês não acham? Agora partindo para algo que chamou muito atenção é o seu painel. E é aqui que a Royal misturou os dois mundos do clássico com o moderno.

Tratando-se de dois mostradores redondos, temos o maior e com jeitão mais clássico posicionado do lado esquerdo. Nele o piloto tem um conta-giros analógico que percorre a borda superior, luzes indicadoras na borda de baixo e uma pequena tela LCD central que traz informações de marcha engatada, combustível, hodômetros, Trip A e B e relógio.

Já do lado direito temos uma moderna tela menor em TFT colorida responsável por exibir informações do novo sistema de navegação Tripper da Royal Enfield. Usando dados do Google Maps esse sistema funciona quando conectado através do aplicativo Royal Enfield e um smartphone por Bluetooth.

A Meteor 350 é a primeira moto da história da fabricante a equipar esse sistema e ele realmente parece muito útil e totalmente intuitivo.

Meteor 350 Tripper Navigator

Após parear seu celular com o Tripper Navigator através do app da Royal as informações serão exibidas na pequena tela, indicando o caminho através de setas direcionais maiores, a distância até a próxima mudança de direção e a quilometragem.

Caso você não deseje usar o sistema de navegação esse pequeno painel simplesmente mostrará as horas.

Royal Enfield Meteor 350 Motor

Agora vamos partir para o coração da máquina, seu motor monocilíndrico que passou por uma boa atualização para vibrar menos e distribuir melhor o torque pelas faixas de rotação.

Com 349 cilindradas, o propulsor da nova Meteor 350 é capaz de gerar a potência máxima de 20 cavalos (a 6.100 rpm) e tem torque na casa dos 2,7 kgf.m (a 4.000 rpm).

A Royal informa que o antigo sistema de válvula pushrod foi substituído por um cabeçote de duas válvulas com sistema SOHC e, mesmo sendo mantido com refrigeração a ar, agora existe um circuito de óleo interno adicional para auxiliar no resfriamento.

Já para reduzir drasticamente as incômodas vibrações, comuns em outros modelos da marca, foi adicionado um eixo balanceador primário e feito ajustes internos que resultaram em um trabalho mais suave.

Basicamente aqui a Royal não correu atrás de aumentar o desempenho do motor, dando mais potência e torque, mas foi em busca de aumentar a faixa utilizável de torque e finalmente dar um jeito naquelas chatas vibrações quando se rodava em alto RPM.

Aliás, quem já rodou com o modelo ressalta que ainda é possível ‘sentir’ o motor, reforçando o moto purismo empregado pela marca, mas que agora a vibração está bem mais equilibrada com o conforto necessário para uma pilotagem mais longa.

Royal Enfield Meteor 350 Especificações Técnicas

Na parte das especificações técnicas o que chama a atenção é o alto peso total do modelo, junto com os bons discos de freio e o sistema ABS de duplo canal.

Sendo comparada com a Thunderbird 350X, a nova Royal Enfield Meteor 350 ficou 6 quilos mais leve, porém, isso não quer dizer que ela seja leve. Em ordem de marcha a moto pesa quase 200 quilos (191 kg). O alto peso é justificado pela boa centralização de massas nessa nova versão, exigindo um pouco menos do piloto durante as mudanças de direção.

Com roda de 19 polegadas na dianteira e 17 na traseira, o modelo traz um enorme disco de freio de 300 mm na frente e de 270 mm atrás, com destaque para o sistema ABS que trabalha nas duas rodas.

A altura do assento é de 76,5 cm, enquanto que a distância do solo é de 17 cm. O ângulo de esterço foi aumentado em 1 grau, passando a ter 26 graus, o que facilita sua manobra na hora de estacionar ou para fazer um retorno.

Seu câmbio tem 5 marchas, o tanque tem capacidade para 15 litros de combustível e as suspensões são por garfos convencionais de 41 mm com curso de 130 mm na dianteira e duas molas com 6 ajustes na traseira.

Nova Meteor 350 confirmada para o Brasil

Já temos informações de que a Meteor 350 será lançada no Brasil no primeiro semestre de 2021, entre os meses de abril e junho, mas analisando nosso mercado, ela não teria concorrentes diretas.

Em nosso mercado, na linha de entrada para esse tipo de moto temos a Chopper Road 150 da Haojue e a Dafra Horizon 150. Dois modelos menores e bem mais fracos, que sofrem um pouco para encarar viagens, algo típico para clientes desse estilo de moto.

Depois delas, temos somente a Vulcan S da Kawasaki. E aí estaríamos falando de uma moto bicilíndrica com 650 cilindradas e mais de 60 cavalos de potência máxima.

Royal Enfield Meteor 350 Preço no Brasil

A Meteor 350 vem para ser a moto da entrada da Royal no mercado, então vamos dar uma olhada em seu preço na Índia e especular quanto poderá custar por aqui.

No mercado indiano o modelo é vendido em três versões, onde a mais barata sai por cerca de 176 mil rúpias indianas. Esse valor, em conversão direta para o real no momento da publicação desse vídeo, fica em torno de R$ 13 mil (R$ 12.782,00).

Com certeza R$ 13 mil não será o preço da Royal Enfield Meteor por aqui. No Brasil, a moto mais barata da marca é a nova Himalayna, com preço sugerido de R$ 19.990. Dito isso, especulamos que a Meteor 350 chegará ao mercado nacional custando entre R$ 18 e R$ 19 mil  (R$ 17.990 e R$ 18.990).

Notícias relacionadas

Motociclistas fiquem atentos aos seus direitos, por Cezar Augusto S. Oliveira.

The Riders

Live bem as mãos – Banda T-ALE

The Riders

Palestra Solidária para a Apae de Itajaí com Teiga Júnior

The Riders