fbpx
The Riders Histories
Curiosidades

Você sabia que a Harley-Davidson parou produção por causa de freios

Paralisação na produção das motocicletas norte-americanas durou 19 dias; a fabricação foi retomada no dia 6 de junho

Em maio deste ano a Harley-Davidson anunciou que paralisaria temporariamente a produção de motocicletas devido a um “assunto de conformidade regulatória” referente a uma peça não especificada de um fornecedor terceirizado. Pois é, o anúncio foi bem vago, sem que a marca explicasse ou informasse os verdadeiros motivos para tal decisão.

H-D inicialmente estimou que a paralisação duraria duas semanas, mas acabou demorando 19 dias antes que a produção fosse retomada em 6 de junho. A causa real da interrupção na produção permaneceu incerta.

2022 Nightster Imagery

Especulações indicavam que problema estava relacionado aos trens de força, já que a paralisação afetou apenas as motocicletas com motor a combustão, e não as motos elétricas LiveWire. Isso parecia improvável na época, pois aparentemente a produção do trem de força também foi interrompida apenas para evitar um acúmulo de motores ociosos aguardando instalação em motocicletas.

Então eis que, finalmente, a marca esclareceu as coisas na última sexta-feira (29/7), durante a divulgação do relatório do segundo trimestre de 2022. Jochen ZeitzCEO da Harley-Davidson e presidente do conselho, explicou em videoconferência com investidores que a paralisação na produção foi causada por mangueiras de freio não compatíveis.

De acordo com a marca, a decisão de fechar temporariamente as instalações de produção e suspender as remessas de veículos foi tomada com muita cautela e relacionada a um problema de conformidade regulatória com as mangueiras de freio entregues pelos fornecedores da Harley-Davidson. Nenhum outro detalhe foi divulgado.

Rumores indicam que o principal fornecedor envolvido no caso é a famosa marca Brembo, que fornece o sistema de freio para inúmeros modelos H-D e também para as LiveWire.

Obviamente a paralisação da produção teve um efeito negativo nos números do segundo trimestre da Harley-Davidson, que ficaram aquém das metas de produção para o trimestre. Para compensar o déficit, a fabricante aumentou a produção.

Normalmente a H-D produzia cerca de 4.500 unidades por semana, antes da paralisação. O atraso de 19 dias gerou uma perda de produção de 10.000 a 12.000 motocicletas. Desde que a produção foi retomada, a taxa de produção subiu para acima de 4.500 unidades por semana, o que deve permitir que a Harley-Davidson atinja suas metas iniciais de produção para o ano.

Fonte: https://www.webmotors.com.br/wm1/motos/harley-davidson-parou-producao-por-causa-de-freios

Notícias relacionadas

Uma lista com uma seleção de 9 motos Big-trails e uma eportiva, confiram!

The Riders

MOTOCICLETAS AJUDAVAM EM COMPETIÇÕES DE BICICLETA

The Riders

Três museus de moto online para você visitar.

The Riders