fbpx
The Riders Histories
Dicas

7 dicas para aumentar a nossa visibilidade na estrada

Neste segmento especialmente dedicado a dar-vos dicas que poderão alertar-vos para diferentes questões relacionadas com o andar de moto, queremos começar por dar destaque a uma realidade que muitos não dão importância, por esquecimento ou distração, que é a importância de aumentarmos a nossa visibilidade em estrada. Para o caso, referimo-nos à importância de sermos vistos pelos demais condutores.

Num ambiente urbano especialmente populado por viaturas de quatro rodas é natural que os seus condutores se concentrem mais naqueles que têm a sua dimensão e ocupam um espaço semelhante ao seu. Raramente quem vai ao volante do seu automóvel pensa que num estreito espaço entre o seu carro e o do lado pode circular um motociclista. O facto é que na maioria dos acidentes que envolvem uma moto e um carro aquilo que normalmente é apresentado como razão pelo automobilista é de que não viu ou não se apercebeu de que estava ali um motociclista.

Por isso a questão da visibilidade é fundamental e aumentarmos a possibilidade de sermos vistos pode diminuir drasticamente o risco de acidentes. Para tal aconselhamos a adopção de simples medidas que vos podem assegurar maior visibilidade na estrada:

O capacete é aquele elemento do vosso equipamento que maior visibilidade tem pelo facto de se situar numa posição mais elevada e por isso mais visível. À hora de escolherem o vosso capacete optem por cores mais abertas e claras, que garantam uma visibilidade acrescida. O capacete para além de ser o elemento mais importante em termos de segurança passiva pode ter um papel decisivo em alertar para a vossa presença no meio do trânsito.

O vosso restante equipamento deverá também conter elementos refletores que aumentem a vossa visibilidade e optarem pela utilização de blusões de cores claras em deterioro dos negros ou escuros. As luvas têm também um papel importante pois as nossas mãos situam-se ao nível dos refletores laterais dos carros ( muitas vezes, ao circularmos entre os automóveis no transito parado, tocamos com o guiador nos mesmos ) pelo que ao serem de uma cor mais visível pode ajudar a sermos mais facilmente detectados.

  • Um outro conselho importante é mantermo-nos fora das zonas cegas de quem circula na nossa frente. Como todos sabemos existem à retaguarda zonas cegas que não são abrangidas pela visibilidade em qualquer dos retrovisores dos automóveis ( por isso se chamam assim ). Se for necessário, assinalar a vossa presença utilizando a buzina da moto de forma a alertar o condutor que circula na nossa frente.
  • Também a moto tem zonas cegas à retaguarda pelo que é importante, quando decidimos mudar de faixa ou ultrapassar uma viatura, garantir que ninguém circula ao nosso lado, olhando pelos retrovisores e girando também a cabeça lateralmente para o lado para onde nos vamos dirigir, garantindo assim que o espaço está livre. Algumas motos mais recentes incluem sistemas de radar que detectam viaturas nas zonas cegas à retaguarda e assinalam a presença das mesmas acendendo uma luz no retrovisor do lado em que a mesma se encontra.

Ao circular em zonas de tráfego muito intenso, sobretudo em zonas urbanas, deveremos assinalar a nossa presença sempre que necessário, sem constrangimentos, utilizando os sinais de luzes ( máximos ) os piscas ( os 4 se for caso disso ) e a buzina. Alguns motociclistas gostam de assinalar a sua presença dando umas “gasadas” de acelerador, sobretudo aqueles que montam escapes de rendimento, mas não aconselhamos a que o façam pois os condutores à vossa frente podem reagir negativamente, quer por se assustarem quer por se sentirem importunados pelo ruído e fecharem o vosso espaço de passagem ( já aconteceu abrirem a porta da viatura para impedirem a passagem da moto ).

  • Mas também é importante preocupar-nos com quem circula atrás de nós, sobretudo quando rodamos rápido em transito denso e percebemos que na nossa frente começam a travar. É importante manter distância ao carro da frente e tocar várias vezes nos travões para alertar quem circula atrás de nós de que algo se passa na frente. A nossa luz de Stop pode ter um papel importante. Naquelas motos mais modernas que permitem acender os quatro piscas, recomendamos que o façam sempre que necessário pois é uma das formas de melhor alertarem para a vossa presença ( embora só seja permitido circular com as mesmas num caso de emergência ou parado para sinalar a vossa presença ).
  • Para aumentarmos ainda mais a nossa visibilidade poderemos aplicar material refletor ( ex: em fita adesiva )  no nosso equipamento ou na moto. Em alguns países já é obrigatório o uso de colete refletor na moto, realidade que recomendamos sempre que circulem de noite.

A aplicação destes 7 princípios pode aumentar a vossa visibilidade na estrada de forma exponencial e garantir uma maior segurança nas vossas deslocações, garantindo também que ninguém vos possa dizer depois que não vos viu.

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

fonte:motomais

Notícias relacionadas

Minha Primeira Moto: Que Moto Escolher?

Marcelo Nunes

Quer pilotar uma moto grande? Veja Dicas para Iniciantes

Marcelo Nunes

Dicas Importantes para Estacionar sua Moto ou Scooter

Marcelo Nunes

Deixe um comentário