fbpx
The Riders Histories
Dicas

Cotação de Seguro para Moto: Vamos desvendar

Vamos desvendar juntos a cotação de Seguro para Moto. Você pode morar em uma cidade grande e usar sua Moto todos os dias, ou morar em uma cidade menor e pegar a estrada aos finais de semana. Não importa a frequência com que você usa a sua Moto, é importante sempre estar preparado para pequenos (ou grandes) imprevistos envolvendo a sua Moto.

Seguro para Moto, veja a importância:
Mesmo quando você toma todos os cuidados com a sua Moto, infelizmente, o risco de se envolver em um Acidente de Trânsito, ou de ter a sua Moto Roubado ou Furtado ainda existe.

QUEM PODE CONTRATAR O SEGURO DE MOTO?

Qualquer pessoa que seja proprietária(dona) da Moto pode fazer um seguro de Moto. Além disso, indivíduos que tenham legítimo interesse no bem também podem fazer a contratação. Por exemplo: o seguro pode ser feito no nome da esposa, enquanto o proprietário é o seu marido. Há o interesse de ambas as partes no bem. O mesmo serve para um filho que mora com os pais. O seguro pode ser feito no nome do pai, enquanto o proprietário do veículo é o filho.

Importante, se você é proprietário e colocar o seguro no nome de outra pessoa, lembre-se sempre de informar que haverá um condutor adicional que usará a sua Moto, neste caso, você. Isso é importante para que as seguradoras, em casos de indenizações, possam realizar o pagamento.

Leia também:

Coberturas Básicas:

  • Compreensiva: colisão, incêndio, roubo/furto e eventualidades da natureza.
  • A indenização pode ser feita de acordo com o valor de mercado referenciado ou valor determinado.
  • Coberturas de RCF-V (RCF-V – Responsabilidade Civil Facultativa de proprietários de veículos automotores de vias terrestre).
  • Danos Materiais: garante qualquer dano material causado a terceiros, até o valor contratado na cobertura.
  • Danos Corporais: garante qualquer dano corporal (danos físicos) causado a terceiros, até o valor contratado na cobertura.
  • Assistência 24hs no seguro moto.

5 mitos sobre seguro de moto desvendados

Antes de cotar um seguro para a sua moto, você já pensou: “Ih, isso não é para mim”!? Então, preste atenção nestas dicas

Um dos motivos de os motociclistas não investirem em um seguro de moto é a quantidade de crenças erradas a respeito do produto que são ouvidas por aí. Selecionamos as principais e explicamos por que você não deveria mais acreditar nelas.

1- Seguro de moto é muito caro

Se você escolher o seguro feito sob medida para a sua necessidade, o preço cai consideravelmente e fica na medida certa para a sua contratação. O seguro exclusivo de furto e roubo da Suhai, com assistência 24h, por exemplo, é uma alternativa muito econômica, pois pode chegar custar até 80% menos que o seguro completo.

2- Não existe aceitação para todos os modelos de motos

Todos os veículos podem ter seguro, mas alguns são, muitas vezes, ignorados por algumas seguradoras, pelo alto risco de exposição. As motos são um exemplo disso. A Suhai Seguradora, na contramão de todas as outras seguradoras,  é a única que oferece um seguro exclusivo de furto e roubo com assistência 24h em todo Brasil, para todos os modelos de moto, sem restrição de marca, ano e modelo, seja para motoboys, motofretistas ou motociclistas. O melhor: essa opção de cobertura, chega a custar até 80% menos do que um seguro completo.

3- A franquia é muito alta

Na modalidade de seguro de roubo e furto, como é o seguro da Suhai, com assistência 24h e opção de contratação para perda total por colisão e outros danos, não é cobrada franquia em caso de sinistro. Essa é mais uma vantagem do seguro Suhai, que já é líder no segmento de motos em todo País.

4- Quem tem rastreador ou travas não precisa de seguro

Dispositivos de segurança são válidos para coibir a ação dos bandidos, mas sozinhos não dão garantia de que a sua moto não será roubado ou furtada, muito menos recuperada em caso de um sinistro. Em alguns casos, a Suhai instala um rastreador na moto; em outros solicita apenas uma vistoria para dar a cobertura securitária. Mas seja com ou sem rastreador, o cliente paga apenas o valor do seguro e em caso de uma ocorrência, age rapidamente para recuperar a sua moto. Caso não tenha sucesso, você será indenizado conforme a tabela FIPE contratada.

 5- Contratar um seguro é muito complicado

A contratação do seguro Suhai para moto por exemplo é muito simples e rápida. São apenas 5 perguntas para você receber a sua cotação, que fica pronta rapidinho. De maneira simples e rápida, os corretores especialistas identificam o seu perfil e o que você precisa no seguro, sem a necessidade de responder a longos questionários. A autovistoria também agiliza a contratação. Por um aplicativo, em 5 minutos, o segurado faz as fotos de sua moto e manda para a seguradora validar.

Curtiu a matéria? Continue navegando no portal The Riders e acelere com a gente! 

Acesse nossas sessões Riders CustomRiders Speed, Riders TrailRiders ElétricaRiders Cross e fique ligado nas novidades! Moto

Notícias relacionadas

Motos para iniciantes: conheça os 7 melhores modelos

The Riders

Vendendo Sua Moto: 7 Dicas Incríveis

The Riders

20 motocicletas icônicas no New American Honda Collection Hall

The Riders