fbpx
The Riders Histories
Curiosidades

Desvendando a Tecnologia por Trás do Quickshifter

Quickshifter

Em uma corrida de motocicletas, cada segundo conta. Além da destreza do piloto, a tecnologia desempenha um papel crucial, e um dispositivo que ganhou destaque nesse cenário é o quickshifter. Vamos entender como essa inovação transforma as trocas de marcha e, mais recentemente, conquistou motociclistas de todos os estilos.

Das Pistas para as Ruas:

O quickshifter, inicialmente concebido para pistas, tornou-se uma peça-chave em modelos de alta performance. Surpreendentemente, agora é acessível a todos os entusiastas de duas rodas, desde as ágeis 125cc até as robustas estradeiras. A versatilidade desse dispositivo o transformou em um acessório plug and play, facilitando sua instalação em praticamente qualquer moto com câmbio manual.

Instalação Descomplicada:

Esqueça a ideia de que tecnologia avançada é complicada. O quickshifter é um exemplo claro disso. Com tutoriais online disponíveis, a instalação torna-se uma tarefa simples. Basta conectar o dispositivo à moto, ligar alguns fios, e pronto, a experiência de troca de marchas atinge um novo patamar.

Funcionamento na Prática:

Certamente, o segredo do quickshifter reside em um sensor instalado no pedal da marcha. Esse sensor detecta o momento exato da troca de marcha, enviando sinais para um microcontrolador.

Mas, esse cérebro eletrônico calcula o timing preciso para cortar a ignição ou injeção, aliviando a carga na transmissão. Além disso, com um par de fios conectado à bobina da moto, a mágica acontece: trocas de marcha em milissegundos, sem tocar na embreagem.

Leia também:

Vantagens Claras:

Além disso, da velocidade impressionante, um quickshifter bem configurado oferece vantagens substanciais. O desgaste da caixa de câmbio é reduzido, superando até mesmo as mudanças tradicionais com embreagem.

Contudo, especialistas destacam que a embreagem, mesmo quando acionada suavemente, causa um certo arrasto, contribuindo para o desgaste. Com o quickshifter, essa preocupação desaparece, proporcionando mudanças mais suaves e eficientes.

Experiência Personalizada:

Por exemplo, nas motos mais modernas, a própria ECU assume o papel de microcontrolador, simplificando ainda mais o processo.

Contudo, algumas marcas oferecem o quickshifter como acessório original, destacando sua integração à tecnologia embarcada. Em motos mais antigas, a possibilidade de calibrar parâmetros como tempo de corte e rotação proporciona uma experiência personalizada, ajustada ao gosto do motociclista.

Histórias de Superiação:

Certamente, para ilustrar a eficácia do quickshifter, vale mencionar a saga da BMW S1000RR. Inicialmente, enfrentou desafios com caixas de câmbio de corrida explodindo. Mas, asolução veio por meio de um especialista em quickshifters, que implementou um produto padrão, resolvendo de vez os problemas de caixa de câmbio.

Em conclusão:

Em resumo, o quickshifter transcende a barreira entre tecnologia de pista e a experiência do motociclista comum. De pistas de corrida às estradas cotidianas, essa inovação redefine a dinâmica das trocas de marcha.

Portanto, enquanto aceleramos para o futuro, o quickshifter se firma como um aliado inseparável na busca por um desempenho excepcional sobre duas rodas. Mas, acelere com inteligência, acelere com o quickshifter!

Continue navegando no portal The Riders e acelere com a gente!

Acesse nossas sessões Riders CustomRiders Speed, Riders TrailRiders ElétricaRiders Cross e fique ligado nas novidades! Moto

Notícias relacionadas

RAY CREVISTON

Marcelo Nunes

XRE 300 2024: O Futuro da Moto Tunada

Marcelo Nunes

Entenda o Funcionamento dos motores de quatro tempos

Marcelo Nunes

Deixe um comentário