fbpx
The Riders Histories
Riders Trail

Honda XRE 300 Sahara está para sair do forno

Há pouco menos de um mês revelamos aqui que a próxima Honda XRE 300 “seria uma Sahara”. Como assim? Bem, naqueles dias já havíamos escutado sobre essa possibilidade quando visitamos a fábrica da Honda em Manaus, semanas antes.

Mas aí veio mais uma pista mais quente: a Honda havia conseguido registrar o nome “XRE 300 Sahara” no Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (Inpi), para o mercado brasileiro.

Esta semana, mais um passo adiante. A XRE 300 como conhecemos não aparece mais disponível no site da Honda. Como de tempos em tempos é preciso evoluir e modernizar, juntamos os pontos: especulações fortes, registro no Inpi, XRE 300 indisponível: vem novidade aí, e está mais próxima do que supomos.

Sendo assim, tudo leva a crer que a XRE 300, que vinha vinha sendo vendida nas versões Rally e Adventure, ganhará uma nova geração com o sobrenome da trail média que encantou muita gente nos anos 1990 – a NX 350 Sahara.

E a moto não vai mudar só de nome e de visual: terá outro motor, o mesmo da recém-lançada CB 300F Twister. Na naked, são 293 cm³, 24,7 cv de potência a 7.500 rpm e 2,6 kgf.m de torque a 5.500 rpm com etanol. A transmissão tem seis marchas e a secundária, óbvio, é por corrente.

As suspensões, por sua vez, deverão ser tradicionais, com garfos convencionais na frente e monochoque atrás, sem grandes firulas para não encarecer a moto – se bem que, nas imagens,  os garfos dão dourados…

O objetivo aí é brigar diretamente com a Yamaha XTZ 250 Lander, que atualmente custa R$ 23.990 na tabela. Com a Lander nesse valor e a Twister custando na faixa dos R$ 22 mil (na tabela), apostamos que a XRE 300 Sahara virá na casa dos R$ 25 mil (valor de tabela, sem frete, seguro e ágio). Pode ser acima disso, mas não poderá passar muito, sob pena de se distanciar demais da rival.

E o design, como ficará?

As imagens que vazaram na internet apontam bons caminhos estéticos para a XRE 300 Sahara. Mas não há nenhuma certeza da origem dessas imagens, que têm baixa definição e podem ser apenas exercícios de imaginação de internautas bons de photoshop.

Mas muita coisa faz sentido: há alguma inspiração em detalhes da irmã maior NC 750X e, principalmente, da CRF 1.100L Africa Twin. Caso da ausência de para-lama duplo e de frente bicuda, e da presença de abas laterais do tanque bem estreitas e longas.

Por outro lado, a imagem que acompanha o registro da nova moto no Inpi é essa aí de cima: um pouco sombreada e disfarçada, e com linhas muitíssimos próximas às do modelo que vinha sendo vendido nas versões Rally e Adventure. E aí, qual você gostou mais?

Aguardamos em grande suspense!

Fonte:https://www.webmotors.com.br/wm1/motos/honda-xre-300-sahara-esta-para-sair-do-forno

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

Notícias relacionadas

KTM 790 Adventure ’23: Renascida com novas cores e equipamento

Marcelo Nunes

Ducati Multistrada V4 S Grand Tour: Pura Tecnologia

Marcelo Nunes

Kawasaki Versys X250 Tourer: pequena trilha A2 por 4600 euros

Marcelo Nunes

Deixe um comentário