fbpx
The Riders Histories
Notícias

KTM Duke 390 2024: Desempenho e Estilo de Última Geração

Conheça a nova linha KTM Duke 2024, especialmente o modelo Duke 390, com potência aprimorada, design marcante e tecnologia avançada para uma pilotagem emocionante.


KTM Duke 390 2024: O Ápice da Performance e Estilo

A renomada fabricante de motocicletas KTM adentra o ano de 2024 apresentando uma linha totalmente renovada de modelos monocilíndricos Duke, trazendo um salto significativo em potência, desempenho e design.

Leia também:

Nova Geração Duke 2024: Um Paradigma de Excelência

Os modelos Duke 2024 representam uma transformação notável na linha de motocicletas Duke abaixo de 500 cc, com motores renovados, chassi inovador e estilo marcante, mantendo a agressividade típica da KTM.

O Excepcional Motor e Chassi da Duke 390

O centro da Duke 390 é o novo motor LC4c monocilíndrico de 399 cc, oferecendo mais potência e atendendo aos rigorosos padrões de emissões EURO 5+. O chassi, com quadro de treliça de aço e subquadro de alumínio, oferece agilidade, controle e estabilidade excepcionais.

Inovação Tecnológica e Design Distinto

A Duke 390 2024 incorpora ABS Supermoto, painel TFT de 5 polegadas e conectividade de smartphone. Suas opções de cores exclusivas, como Laranja Eletrônico e Azul Atlântico, juntamente com detalhes de design distintos, adicionam personalidade ao visual.

O Futuro da Performance sobre Duas Rodas

A linha KTM Duke 2024 reflete o compromisso da KTM em oferecer máquinas de alta qualidade que combinam potência, estilo e tecnologia avançada. A chegada no Brasil ainda não foi anunciada, mas a espera promete valer a pena para os entusiastas de uma pilotagem excepcional.

Acesse nossas sessões Riders CustomRiders Speed, Riders TrailRiders ElétricaRiders Cross e fique ligado nas novidades!

Moto

Notícias relacionadas

Suzuki 2024: Novidades Quentes para os Amantes de Motos!

Marcelo Nunes

Zapp i300 Carbon Launch Edition: Pronta a desbravar a cidade

Marcelo Nunes

Maio Amarelo: uso de capacete reduz em até 70% a gravidade de ferimentos em acidentes de moto

Marcelo Nunes

Deixe um comentário