fbpx
The Riders Histories
Riders Elétricas

Lambretta Elétrica: Um Ícone com Novas Vibrações Hipster

Conheça a Lambretta Elettra, o scooter elétrico com charme retrô. Saiba sobre conversão e detalhes do novo modelo. Reviva o clássico com um toque moderno!

A Lambretta, conhecida por sua história nostálgica, ressurge no cenário das motocicletas com a Elettra, um modelo elétrico que mantém o visual retrô. Mas, será possível converter uma Lambretta antiga para essa tendência moderna uma Lambretta Elétrica?

A História das Lambrettas e a Chegada da Elettra

Relembrando os tempos em que as Lambrettas desbravaram as ruas e encantaram os brasileiros, esses scooters foram pioneiros em um segmento que hoje é uma referência. Agora, a marca apresenta sua primeira incursão no mundo elétrico com a Elettra, mantendo a estética clássica, mas com toques contemporâneos.

Revelada no EICMA (Esposizione Internazionale Ciclo Motociclo e Accessori), em Milão, o novo modelo preserva o design icônico, incorporando elementos mais agressivos. O farol, integrado ao guidão, agora serve como luz diurna, estendendo-se até os manetes e complementando a iluminação frontal.

Leia também:

Detalhes e Características da Elettra

A Elettra, voltada para os modernos ‘hipsters’, se destaca pelos detalhes ousados. A cor azul nos assentos e rodas, aliada à pintura cinza, foge dos tons pastéis associados às Lambrettas clássicas, buscando uma estética mais marcante e atual.

Apesar das mudanças, os fãs das Lambrettas clássicas talvez estranhem a ausência do característico motor dois tempos. No entanto, o motor elétrico da Elettra promete um desempenho superior, oferecendo 15 cv e um torque robusto de 26,3 kgfm, ultrapassando até mesmo alguns motores a combustão.

Desafios e Vantagens da Lambretta Elétrica

A bateria de íon-lítio, com capacidade de 4.6 kWh, destaca-se pela rápida recarga até 80% em apenas 35 minutos (em carregadores rápidos), embora uma carga completa em uma tomada de 220V exija cinco horas e meia.

Com três modos de condução – Eco, Ride e Sport – a Elettra varia sua autonomia, alcançando quase 130 km no modo Eco e podendo cair para 60 km no modo Sport, a velocidades médias distintas.

Com rodas de 12 polegadas e um peso de 135 kg, oferece praticidade, conforto e uma experiência dinâmica ao pilotar.

Alternativas para as Lambrettas Clássicas

Para os entusiastas da Lambretta clássica, há a opção de conversão para o formato elétrico. A empresa Retrospective Scooters oferece kits de conversão, embora sem o mesmo desempenho da Elettra, por valores significativos entre £4.590 e £5.785 (equivalente a R$ 27.600 e R$ 34.700, respectivamente). A autonomia varia de 40 a 134 km.

A conversão pode ser aplicada em todas as gerações da Lambretta, mantendo o charme clássico, porém com um custo elevado, característico de tendências retrô.

A Transformação das Lambrettas: Tradição com Toque de Modernidade

O lançamento da Elettra marca a entrada triunfante da Lambretta no mundo elétrico, mantendo sua identidade nostálgica com ares contemporâneos. A possibilidade de converter modelos antigos oferece uma nova vida para os entusiastas do estilo clássico, embora a um custo elevado.

Aguardemos ansiosos por mais detalhes do lançamento e se a tradição poderá ser mesclada com a inovação de forma mais acessível aos amantes das Lambrettas.

Acesse nossas sessões Riders CustomRiders Speed, Riders TrailRiders ElétricaRiders Cross e fique ligado nas novidades! Moto

Notícias relacionadas

Cake Osa Flex 2020-2022 podem quebrar a coluna de direção

Marcelo Nunes

Bajaj Vector: O Futuro das Motos Está Chegando!

Marcelo Nunes

YCF em Portugal: Conheça as Pitbikes Elétricas 50E e W88E

Marcelo Nunes

Deixe um comentário