fbpx
The Riders Histories
Riders Trail

MAIS TRAILS NO MERCADO! AGORA A MV AGUSTA VAI ENTRAR NA AVENTURA!

O russo, Timur Sardarov, 39 anos, capitalista de risco, nascido em Moscou e um entusiasta de motocicletas, é o CEO da MV Agusta que também tem o controle das duas antigas marcas, Cagiva e Elefant. Timur é também fundador e presidente do Black Ocean Group, e passou a última década identificando e investindo em marcas com potencial de crescimento inexplorado.

Essa foi a visão de Timur quando conheceu Giovanni Castiglioni, então proprietário da MV Agusta, em 2016. Na época, a empresa italiana de motocicletas de 70 anos, passava por um período de dificuldades financeiras e Castiglioni buscava um novo grande investidor para ajudar a restaurar a empresa à sua antiga glória.

Foto: Divulgação

O encontro entre o russo Timor, e o italiano Castiglioni foi oportuna pois, a MV Agusta era claramente uma marca no “radar” de Timor. Ele então iniciou o processo para injetar na empresa o capital necessário para superar seus problemas financeiros, originalmente entrando como investidor em 2018, e em 2019 a família Sardarov assumiu o controle acionário total da MV Agusta, sinalizando o fim do envolvimento histórico da família Castiglioni, e Timor acabando por conseguir o cargo de CEO da marca italiana.

Um Novo segmento para a MV Agusta

A MV Agusta, tradicionalmente voltada para modelos Sport e Sport Touring, agora visando o segmento de aventura, apresentou como estreia mundial dois projetos com releitura de design, inspirado nas motos do Rally Dakar dos anos 80 e 90.  As MV Agusta, 9.5 e a 5.5 Lucky Explorer foram a designação escolhida pela marca para distinguir os seus modelos e para relembrar e homenagear os anos de glória da Cagiva Elefant 900.

A marca italiana mostrou no último Salão de Milão em novembro de 2021 os dois protótipos 9.5 e 5.5. Duas motos que estão sendo desenvolvidas sob a chancela da Lucky Explorer, um projeto da marca italiana destinado a revisitar a história e memórias da Cagiva das décadas de 80 e 90, e também explorar novos produtos ligados à aventura e ao fora-de-estrada. Segundo a MV Agusta a 9.5 e a 5.5, ambos os projetos estão em desenvolvimento desde final de 2021 e devem chegar ao mercado no final de 2023. Talvez o modelo 5.5, possa chegar primeiro.

MV Agusta 9.5 Lucky Explorer

A MV Agusta 9.5 Lucky Explorer vai ser a porta de entrada da nova linha de aventura da MV Agusta. O modelo vai ter um motor derivado dos motores três cilindros em linha de 800cc da F3 Brutale e a Turismo Veloce, embora adaptado para uso fora de estrada.

Foto: Divulgação

Contudo, já se sabe que a cilindrada aumentada para os 930 cc e vários componentes internos do motor foram alvo da atenção dos engenheiros da marca de modo a ajustar a potência para uma utilização mais polivalente entre o On e Off-road. O resultado deste motor é uma potência de 123 cv a 10.000 rpm e um torque de 102 Nm às 7.000 rpm.

Foto: Divulgação

O modelo 9.5 terá opções de embreagem automática Rekluse e câmbio com Quickshifter. Um pacote eletrônico incluirá vários mapas do motor, oito níveis de controle de tração, um painel com tela TFT de 7” polegadas que poderá ser conectado ao telefone com Bluetooth e wi-fi, entre outras tecnologias que seguramente deverão ser incorporadas de série até ao final do seu desenvolvimento.  

Foto: Divulgação

As suspensões serão da Sachs eletrônicas, dianteira invertida com 50 mm de diâmetro e 220 mm de curso e traseira com 210 mm de curso, rodas aro 21” na frente e 18” polegadas atrás, freios a disco duplo de 320 mm na dianteira, disco de 265 mm traseiro com pinças Brembo e, sistema ABS da Continental. O peso seco estimado é 220 Kg, tanque de combustível com capacidade de 20 litros.

MV Agusta 5.5 Lucky Explorer
Foto: Divulgação

A MV Agusta 5.5, uma proposta de uso misto, asfalto/terra, de média cilindrada que deverá ir ao encontro dos aventureiros menos experimentados no fora de estrada. O modelo de entrada vai ter um motor de dois cilindros e 550 cc e está sendo desenvolvido em conjunto com o fabricante asiático QJ (Qian Jiang), tendo a mesma base do motor do modelo 500GS-5F da marca chinesa.

Foto: Divulgação

As suspensões são Kayaba, KYB ajustáveis, invertida na dianteira, com 43 mm de diâmetro e 135 mm de curso, e na traseira um monoamortecedor progressivo com 162 mm de curso. Os freios são da Brembo, as rodas raiadas aro 19” na dianteira e 17” polegadas na traseira. Peso seco de 202 Kg e tanque de combustível para 20 litros.

A MV Agusta ainda não divulgou detalhes de preço ou data de lançamento destes dois modelos. Vamos aguardar as novidades da marca.

Notícias relacionadas

Aprilia Tuareg 660 já domina competições offroad

Marcelo Nunes

Kawasaki Versys-X 300 2024: Preço, Ficha Técnica, Consumo e Fotos

Marcelo Nunes

TESTE DA HARLEY DAVIDSON PAN AMÉRICA 1250 ESPECIAL 2023

Marcelo Nunes

Deixe um comentário