The Riders Histories
Mundo Speed

Marc Márquez até suou, mas venceu relativamente fácil o GP da França

Marc Márquez conseguiu mais uma marca histórica com a Honda. Neste domingo (19), o #93 teve mais uma de suas sólidas atuações e deu à marca da asa dourada sua 300ª vitória na classe rainha do Mundial de Motovelocidade.
Feliz proprietário da pole-position, Márquez teve de dividir as primeiras freadas com Danilo Petrucci, mas,  depois da segunda curva, consolidou sua liderança, ainda que sem escapar de forma definitiva. Na quinta volta, Jack Miller tomou a ponta, mas não conseguiu fazer frente ao espanhol, ainda que tenha impondo alguma dificuldade.
Uma vez livre do australiano, Márquez disparou na ponta e tratou de construir uma vantagem irremediável na ponta até receber a bandeirada com 1s984 de folga. Enquanto isso, Miller se tornou presa fácil das Ducati, com Andrea Dovizioso aparecendo primeiro para tomar a segunda posição.
Petrucci, por sua vez, teve um caminho mais árduo, mas, depois de passar Valentino Rossi, tratou de superar Miller para se colocar no pódio. O #9 até pressionou Andrea pela segunda colocação e conseguiu passar com três voltas para o fim, mas levou o troco imediatamente.
Miller, então, teve de se conformar com a quarta colocação, à frente de Rossi. Depois de exibir um ritmo ruim com pista seca na sexta-feira, o #46 parece ter encontrado alguma coisinha no acerto da M1 para ser mais competitivo, mas, mesmo como melhor Yamaha, não pôde fazer muito mais.
O destaque, no entanto, fica para a boa corrida de Pol Espargaró. 12º no grid depois de sequer marcar tempo na classificação, o #44 fez uma ótima largada e passou boa parte dos 27 giros em Le Mans na sexta colocação, à frente de Franco Morbidelli.
Correndo em casa, Fabio Quartararo não brilhou tanto quanto em Jerez, mas fez uma corrida sólida, batendo Cal Crutchlow já nas voltas finais para assegurar o oitavo posto. Álex Rins também fez mais uma de suas corridas de recuperação, mas acabou apenas em décimo, 13s709 atrás de Márquez.
Depois de um início de fim de semana mais positivo, Jorge Lorenzo ‘sumiu’ na corrida e ficou apenas em 11º, mas de 15s atrás do companheiro de Honda. Melhor Aprilia, Aleix Espargaró aparece na sequência, à frente de Johann Zarco, Hafizh Syahrin e Miguel Oliveira.
Joan Mir recebeu a bandeirada em 16º depois de cair ainda na volta de aquecimento e ter de correr para os boxes para pegar a moto reserva.

Com o resultado deste domingo, Márquez chegou aos 95 pontos e abriu oito de frente para Dovizioso na liderança do Mundial. Rins caiu para o terceiro posto, à frente de Rossi e Petrucci.

Notícias relacionadas

Yamaha R9: Não estava botando fé? Olha ela aí!

Marcelo Nunes

Ducati resgata histórica pintura amarela em Misano

Marcelo Nunes

Triumph Daytona 660 e suas Rivais: O Mundo das Médias

Marcelo Nunes

Deixe um comentário