fbpx
The Riders Histories
Mundo SpeedRiders-Speed

Martín domina e vence sprint em San Marino. Bagnaia segura Pedrosa e é terceiro

Jorge Martín até viu Marco Bezzecchi tentar pressionar, mas controlou a corrida de sábado (9) com tranquilidade e venceu mais uma na MotoGP 2023. Francesco Bagnaia teve vida mais dura, mas conseguiu segurar Dani Pedrosa nas voltas finais para ser terceiro

Jorge Martín deu um baile na concorrência na corrida sprint da MotoGP no GP de San Marino e da Riviera de Rimini. Dono na pole, o espanhol largou bem neste sábado (9) e não se deixou ameaçar. Marco Bezzecchi ainda tentou botar pressão, mas o piloto da Pramac controlou bastante bem a situação.

Bez, que tem lesões decorrentes da queda de Barcelona, chegou a se aproximar cerca de 0s3, mas Jorge abriu mais uma vez e conseguiu completar a corrida com 1s445 de frente.

Atrás, Francesco Bagnaia sofreu um pouco mais. Também lesionado, o italiano teve de se defender de Dani Pedrosa, que se aposentou em 2018, mas corre como se fosse um piloto integralmente ativo quando faz wild-cards pela KTM. O #1, porém, segurou o último posto do top-3.

Brad Binder tentou se engraçar para cima do lendário #26, mas Dani não deu brecha e defendeu o quarto posto. Maverick Viñales ficou em sexto, diante de Luca MariniAleix Espargaró Álex MárquezMarc Márquez fecha o top-10.

Com o resultado da sprint, Bagnaia vai a 267 pontos, 45 a mais do que Martín, Bezzecchi é o terceiro na tabela, com Binder e Aleix Espargaró fechando o top-5. Pedrosa, que só fez duas corridas no ano, aparece em 20º, com três pontos a menos do que Marc Márquez, o 19º.

A largada do GP de San Marino e Riviera de Rimini de MotoGP acontece às 9h (de Brasília) de domingoGRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2023.

Saiba como foi a corrida sprint da MotoGP em San Marino:

A corrida sprint do GP de San Marino e da Riviera de Rimini contou com sol e pista seca. Quando os pilotos começaram a formar o grid no circuito Marco Simoncelli, os termômetros mediam 28°C, com o asfalto chegando a 44°C. A umidade relativa do ar estava em 56%, com o vento soprando no sentido sul a 8 km/h.

Para este fim de semana, a Michelin, fornecedora única da categoria, levou a Misano pneus dianteiros simétricos macios, médios e duros, e traseiros assimétricos macios e médios. Na dianteira, todos apostaram pelos duros, com a maioria colocando macios atrás, exceto das duas Yamaha, que foram de médios.

No apagar das luzes, o pole-position Jorge Martín saiu bem e manteve a ponta, com Bagnaia passando por fora para subir para segundo, diante de Bezzecchi e Pedrosa.

Martín, então, passou a imprimir um ritmo forte, de cara abrindo mais de 0s3 para Bagnaia, que também tinha se afastado de Bezzecchi. Viñales ainda tentou uma pressão para cima de Pedrosa, mas o veterano sustentou a posição.

Mais atrás, Luca Marini ia pressionando Aleix Espargaró pelo sexto posto. Brad Binder, por sua vez, devolveu uma ultrapassagem de Marc Márquez e retomou a oitava colocação.

Ainda na volta 2, Bezzecchi conseguiu passar Bagnaia e tomou o segundo posto, já 0s9 atrás de Martín. Pecco, então, ficou ao alcance de Pedrosa, que seguia em quarto, bastante afastado de Binder, o novo quinto posicionado.

Com Bezzecchi conduzindo a caçada, a vantagem de Martín caiu consideravelmente, chegando a 0s4. Bagnaia, por sua vez, não conseguiu acompanhar e tinha Pedrosa a 0s5.

Mais atrás, a briga pela quinta colocação era intensa. Viñales vinha segurando o lugar, mas pressionado de perto por Binder e Marini.

Na volta cinco, a vantagem de Martín voltou a aumentar, chegando a 0s7. Pedrosa também não conseguia encostar em Pecco, que sustentava os 0s5 de margem.

Atrás, Binder seguia na pressão em cima de Viñales, com Marini acompanhando tudo de pertinho.

Ainda com oito voltas para o fim, Joan Mir foi punido com uma volta longa por desrespeitar os limites de pista. O espanhol era o 22º.

Na volta 6, Binder passou Viñales e de cara se afastou, abrindo 0s3 de diferença. O sul-africano, então, começou a tentar descontar a diferença de Pedrosa.

Tal qual tinha feito antes, Marco conseguiu se aproximar de Martín mais uma vez, mas o titular da Pramac seguia comandando a prova com relativo conforto. Bagnaia vinha em seguida, agora com Pedrosa a 0s352 atrás.

Pouco a pouco, Dani foi colando mais e mais, passando a pressionar Bagnaia com mais vigor. Com cinco voltas ainda pela frente, o espanhol #26 estava apenas 0s2 atrás do campeão vigente.

Na cabeça da disputa, Bez ia errando mais, o que facilitava a escapada de Martín. Com quatro giros para o fim, o piloto da Pramac voltou a abrir 0s9.

Na pista, a chuva de alerta pelos limites de pista atingia quase topo mundo. No top-10, só Martín, Bezzecchi e Marini não tinham sido chamados a atenção. Mir, por outro lado, não tinha completado a pena e agora tenha de pagar uma sanção dupla.

Com três para o fim, Pecco errou a trajetória e viu Pedrosa armar um primeiro ataque, mas o italiano se recompôs e segurou a posição, se afastando um tiquinho.

16º na corrida, Franco Morbidelli também foi punido com uma volta longa.

Com dois giros para o fim, Pedrosa seguia na pressão, mas agora também tinha Binder por ali, só 0s3 atrás.

Dani fez mais uma tentativa, mas Pecco segurou. Binder seguir por perto, buscando uma brecha.

Na volta final, Pedrosa ensaiou na curva 1, mas não conseguiu um ponto de ataque. Mais adiante, Binder deu uma escapada de traseira, se afastando um pouco.

Na sequência, Dani abriu um pouco em relação a Pecco e viu Binder mais perto, mas sustentou o quarto posto até a bandeirada.

MotoGP 2023, GP de San Marino e Riviera de Rimini, Misano, Corrida sprint:

1J MARTÍNPramac Ducati 13 voltas
2M BEZZECCHIVR46+1.445 
3F BAGNAIADucati+4.582 
4D PEDROSAKTM+4.772 
5B BINDERKTM+4.931 
6M VIÑALESAprilia+6.062 
7L MARINIVR46+6.519 
8A ESPARGARÓAprilia+7.893 
9Á MÁRQUEZGresini Ducati+9.264 
10M MÁRQUEZHonda+11.318 
11R FERNÁNDEZRNF APRILIA+13.365 
12M OLIVEIRARNF APRILIA+13.788 
13F QUARTARAROYamaha+14.243 
14J ZARCOPramac Ducati+14.154 
15J MILLERKTM+17.421 
16P ESPARGARÓGasGas+17.451 
17F DI GIANNANTONIOGresini Ducati+18.133 
18F MORBIDELLIYamaha+19.749 
19A FERNÁNDEZGasGas+20.403 
20M PIRRODucati+21.454 
21T NAKAGAMILCR Honda+21.962 
22S BRADL Honda+23.672 
23J MIR Honda+36.100

fonte:https://www.grandepremio.com.br/motogp/noticias/jorge-martin-domina-vence-sprint-san-marino-francesco-bagnaia-segura-dani-pedrosa-terceiro/

Notícias relacionadas

Honda CBR 1000RR-R Fireblade SP 2024: A Inovação

Marcelo Nunes

Kawasaki Ninja ZX-6R atualizada para aderir ao padrão Euro 5

Marcelo Nunes

MOTOGP: CORRIDA DA AUSTRÁLIA CANCELADA

Marcelo Nunes

Deixe um comentário