fbpx
The Riders Histories
Curiosidades

Mobilidade – Conselhos para transportar crianças de moto… Curiosidades pelo mundo!

Transportar as crianças de moto, sobretudo nas grandes cidades, é prática habitual, normalmente em percursos urbanos entre a casa e escola. Porém existe legislação que limita e estabelece as condições em que o mesmo se pode realizar. Para além da legislação alguns conselhos devem ser seguidos para que o mesmo possa ser realizado com segurança total. Mas comecemos por conhecer a actual legislação:

Transporte de passageiros Artigo 91º

1 – Nos motociclos, triciclos, quadriciclos e ciclomotores é proibido o transporte de passageiros de idade inferior a 7 anos, salvo tratando-se de veículos providos de caixa rígida não destinada apenas ao transporte de carga.

2 – Os velocípedes só podem transportar o respetivo condutor, salvo se:

a) Forem dotados de mais de um par de pedais capaz de acionar o veículo em simultâneo, caso em que o número máximo de pessoas a transportar corresponde ao número de pares de pedais e em que cada pessoa transportada deve ter a possibilidade de acionar em exclusivo um par de pedais;

b) Forem concebidos, por construção, com assentos para passageiros, caso em que, além do condutor, podem transportar um ou dois passageiros, consoante o número daqueles assentos;

c) Se tratar do transporte de crianças com idade inferior a 7 anos, em dispositivos especialmente adaptados para o efeito.

 3 – Nos velocípedes a que se refere a alínea b) do número anterior, deve ser garantida proteção eficaz das mãos, dos pés e das costas dos passageiros.

4 – Quem infringir o disposto nos números anteriores é sancionado com coima de (euro) 60 a (euro) 300.

Esta é a lei, o Código da Estrada… e partindo dos limites estabelecidos no mesmo cabe-nos ainda aconselhar sobre o transporte das crianças, a maior parte das vezes realizados em percursos urbanos de casa para a escola e vice-versa.

Equipamento de segurança

A Criança deverá levar sempre um capacete ajustado à dimensão da sua cabeça, do tipo integral, homologado e de preferência topo de gama ( no caso em material tri-compósito, ou mesmo de carbono por ser mais leve e seguro ). Para além do capacete as crianças deverão ser protegidas com luvas e calçado adequado, preferentemente botas de couro. Se possível terem também um blusão com refletores nas costas e com proteções nas zonas mais sensíveis a impactos, coluna, cotovelos e ombros e logicamente calças compridas.

Posição na moto

A criança deverá ser sempre colocada no lugar do pendura e nunca entre o condutor e o guiador. Deverá poder chegar circular com os pés apoiados e nunca pendurados. Caso a criança seja ainda muito jovem deverá ser colocada em bancos especialmente fabricados para o efeito de forma a que a sua proteção seja máxima. Deveremos também providenciar um encosto de forma a proteger a criança de arranques ou impactos traseiros e também evitar que a mesma deslize para trás.

A aventura de ir para a escola de moto com o pai

É sabido que as crianças têm uma atração natural pelas motos e colocar um capacete e ir de moto para a escola vai criar um clima de entusiasmo que deve ser aproveitado para ensinar à criança as regras básicas de circulação na cidade, tanto a pé como de moto. Tornar a viagem didática pode ao mesmo tempo ser prático e muito útil em termos de aprendizagem para a criança. Assim quando chegar o dia de a criança eventualmente vir a ter a sua própria moto estará muito mais preparado para circular em segurança na via pública.

Reduzir velocidade e aumentar a atenção

Escusado será dizer que ao circular com uma criança a atenção e o cuidado deverá ser redobrado e o tipo de condução o mais cautelosa possível. Deverá assinalar sempre as suas mudanças de direção com maior antecipação e evitar circular entre viaturas. A condução deverá ser o mais defensiva possível e evitar zonas de maior transito.

Subir e descer da moto

As crianças deverão ser sempre ajudas a subir e descer da moto tendo o cuidado de estabilizar a moto antes de qualquer manobra, de preferência no descanso central. As motos mais indicadas para transporte diário das crianças são sem dúvida alguma as scooters de plataforma pois permitem-nos sair da mesma pela frente sem ter que alçar a perna. À hora de chegada e da criança sair da moto deveremos sempre fazê-lo para o lado do passeio e nunca para o lado da estrada.

Mais conselhos

Tal como referimos anteriormente a moto deverá ter ou top case com encosto ou eventualmente um pequeno encosto no assento para que a criança tenha algum apoio lombar. Muitas das vezes as crianças transportam a mochila da escola e dada a reduzida dimensão da criança a mochila também poderá servir de apoio entre a Topcase e o condutor, tendo porém o cuidado de que a mesma assente no banco e não esteja a pesar nos ombros da criança. Quando as crianças são ainda pequenas o ideal é utilizar um assento próprio para as mesmas adaptado sobre a moto.

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

Fonte: https://motomais.motosport.com.pt/mobilidade/mobilidade-conselhos-para-transportar-criancas-de-moto/

Notícias relacionadas

Motorcycle Gang

Marcelo Nunes

Dono de loja cria ‘cemitério de capacetes’ para reduzir aquecimento

KSI Tecnologia

A Evolução do Helicóptero Monstro: Uma Moto Única Sobre Duas Rodas

Marcelo Nunes

Deixe um comentário