The Riders Histories
Notícias

Novidade: V-Strom 1050 é registrada no Brasil

Linhas que lembram a década de 80 mas repleta de novas tecnologias, como ABS de curva, nova Suzuki V-Strom 1050 2021 aparece em imagens de registro no Brasil, indicando que o modelo pode estar próximo de chegar às ruas do país.

Dando uma boa repaginada na sua Bigtrail top de linha para o mercado nacional, a nova versão traz diversas mudanças e melhorias, como motor mais potente, novas peças na estrutura da moto e até um pacote tecnológico muito mais avançado e completo.

O registro da nova V-Strom 1050 foi publicado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, na sigla INPI, há alguns dias atrás. Vale lembrar que esse tipo de registro não confirma que a moto será lançada no Brasil, ele é usado para garantir a propriedade visual do modelo.

A nova V-Strom 1050 foi apresentada durante o último Salão de Milão, em 2019, pela Suzuki atraindo diversos olhares por conta do seu visual que retorna ao clássico visto em suas motos trail de antigamente.

Inspirada na consagrada DR 800, a nova versão traz um visual mais “quadradão”, a começar pelo conjunto ótico frontal e seu farol de formato retangular. Apesar de ser moderno, equipando luz de LED, ele remete à motos de décadas atrás.

Seguindo nesse estilo meio ‘retrô’ temos o famoso bico de pato, que também segue linhas retas, o assento plano e um enorme e também retangular tanque de combustível. Os novos protetores de mão, retrovisores e o para-brisa ajustável completam a mistura do moderno com o clássico.

Nova V-Strom 1050 Motor

Mas engana-se quem acha que o estilo ‘oitentista’ da nova V-Strom 1050 faz com que ela seja uma moto atrasada em suas especificações. Muito pelo contrário, a Suzuki renovou e evoluiu sua Bigtrail para essa nova versão.

Apesar de manter o mesmo motor bicilíndrico V-twin a 90 graus de 1037 cc da versão anterior, a fabricante fez ajustes que deixaram a moto mais potente. Agora são 107 cavalos de potência máxima aos 8.500 giros contra os 101 cv a 8 mil rpm do modelo anterior.

Os ajustes aumentaram o desempenho, mas foram feitos também para se adequar a norma de emissão de poluentes Euro 5, o que acabou fazendo com que a moto tivesse um pouco do seu torque reduzido, caindo de 10,5 kgf.m para 10,2 kgf.m a 6.000 rpm.

V-Strom 1050 2021 Tecnologia e estrutura

Na parte tecnológica, com a sigla SIRS, o Suzuki Intelligent Ride System traz um pacote completo de auxílio para pilotagem, com o controle da velocidade de cruzeiro, a moderna unidade de medição inercial, ABS atuante em curvas e até o LowRPM, um sistema que auxilia na pilotagem em percurso mais lentos, como o trânsito das cidades.

Ainda há o sistema de controle de tração que pode ser desligado ou selecionado em até três níveis de atuação, três modos de pilotagem, Suzuki Easy Start para ligar a moto com um simples toque de botão e até tomada USB.

Nova V-Strom 1050 2021 preço

No mercado europeu a nova Suzuki V-Strom 1050 2021 tem o preço sugerido partindo de 9.999 Libras na versão de entrada (roda de liga leve) e vai a 11.299 Libras para a V-Strom 1050 XT, mais completa e com rodas raiadas.

Cerca de R$ 65,5 mil para a primeira e R$ 74 mil para a segunda, em conversão direta e levando em conta a desvalorização do Real por conta da situação atual.

Aqui no Brasil a Suzuki vende apenas versões que trazem rodas raiadas, a V-Strom 1000 XT e a V-Strom 1000 Adventure (mais completo), com preços de cerca de R$ 54 mil para a primeira e de R$ 62 mil para a segunda.

Notícias relacionadas

Pássaro Baiano e uma galera de peso no motociclismo.

The Riders

Banda Venosa no Toinha Brasil Show em Brasília – DF

The Riders

Um recado para os governantes de Carapicuíba e Osasco

The Riders