fbpx
The Riders Histories
Notícias

Tchau, R1 e R1M da Yamaha? Novidade bombástica na área!

R1 e R1M da Yamaha

Será o adeus para a Yamaha R1 e R1M? A marca mandou um recado sério sobre o futuro dessas superbikes. Vem com a gente nesse rolê pela notícia e descubra o que tá rolando. Será que as esportivas tão dando tchau? Dá o play e se liga na treta que a Yamaha tá aprontando!

E aí, galera do The Riders, sacudindo a poeira pra trazer um papo quente. Mas, tá ligado que a Yamaha deu um tchauzinho, né? Parece que as R1 e R1M não vão mais bater cartão de Euro5+.

A parada é que, a partir de 2025, só vão poder se jogar na pista, tipo a R6.

A Yamaha mandou o recado no site oficial no Reino Unido, só pra deixar a real:

“A decisão foi fechada, não vai rolar uma versão EU5+ da R1 e R1M. Vamo focar em outras paradas que vão bombar no futuro”. Ou seja, já era, galera!

Certamente, a Suzuki já tinha dado o papo de largar a GSX-R1000R de 1.000 cc.

Contudo, meio chocante, mas não é lá tão surpreendente, porque a moda agora é fabricar motos que todo mundo pode bancar.

Certamente, a Yamaha já mostrou isso com a YZF-R7 e a YZF-R9, tiradas da MT-07 e MT-09, respectivamente.

Pra seguir vendendo as R1 e R1M na Europa, a japonesada teria que seguir a cartilha do Euro5 até 2025. Mas, pô, é uma grana preta pra adaptar uma moto que já é caríssima e vende pouco.

Leia também:

A Yamaha, pelo menos, pode se agarrar nas R1 e R1-M já na parada do Euro5 até o fim de 2025.

O baque das esportivas

Por exemplo, a R1 era a rainha da pista desde 1998, desbancando a Honda CBR900.

Só que, de uns tempos pra cá, não tava batendo aquele record de vendas que as outras superbikes tavam batendo, tipo Kawasaki Ninja ZX-10R/ZX-10RR, BMW S 1000 RR e Ducati Panigale.

Contudo, a real é que o pessoal tá migrando pras motos de aventura, turismo e aquelas mais em conta e versáteis. Dá pra levar a patroa, é mais confortável e ainda cabe uma mala lá trás.

Quem não quer, né?

Sem contar que as superbikes tão virando monstros. Não só mais potentes e rápidas, mas com um jeito de pilotar que parece coisa de ET.

O asfalto nas cidades não tá essa maravilha toda, e ninguém aqui é piloto de corrida. Tentar correr na rua como se fosse pista é roubada, meu chapa!

Mas quem sabe a Yamaha não volta com a R1 e R1M na vibe Euro 6 lá pelo finalzinho da década? Vai saber, né? Fica aí na expectativa.

Continue navegando no portal The Riders e acelere com a gente!

Acesse nossas sessões Riders CustomRiders Speed, Riders TrailRiders ElétricaRiders Cross e fique ligado nas novidades! Moto

Notícias relacionadas

Triumph 400cc: Preços Revelados e Detalhes

Marcelo Nunes

[Moto usada] Yamaha Fazer 250 2015: antiga tão boa quanto a nova

Marcelo Nunes

Novos Modelos de Scooters 125 em 2024

Marcelo Nunes

Deixe um comentário