fbpx
The Riders Histories
Mundo SpeedRiders-Speed

A Revolução BMW Rumo ao MotoGP: Inovação na Aderência?

BMW M 1000 RR

A BMW não apenas avança, mas revoluciona o cenário das motos esportivas com um sistema que pode até chegar ao MotoGP, mesmo sem presença confirmada nessa categoria.

A Revolução BMW Rumo ao MotoGP. Inovação na Aderência da Roda Dianteira

Quando uma fabricante de motos redefine a aerodinâmica, a expectativa é que isso se traduza diretamente nas competições, como o MotoGP.

No entanto, a BMW está indo além nesse aspecto, mesmo sem estar na categoria mais prestigiosa do motociclismo.

Recentemente, a marca alemã revelou um sistema inovador patenteado, focando em um ponto crítico até então desafiador para a eletrônica:

A roda dianteira, notoriamente propensa a perder aderência.

Portanto, o desafio reside na transferência de peso e na tração exclusiva na roda traseira, o que frequentemente resulta na falta de aderência no eixo dianteiro.

Contudo, a aerodinâmica, evidenciada pelos tradicionais “spoilers laterais” adotados por muitas marcas, contribui significativamente para esse cenário.

Leia também:

No entanto, a BMW não se contentou com as soluções convencionais e está empenhada em evoluir, pois reconhece que esses dispositivos, comumente eficazes em carros.

Mas, observação têm limitações em motocicletas esportivas, especialmente em curvas.

Dessa forma, a BMW patenteou um sistema aerodinâmico inovador, sem a presença de spoilers tradicionais, mas com foco em aprimorar a aderência na roda dianteira e a força descendente.

Este sistema utiliza dois tubos cruzados para permitir o fluxo de ar entre os lados da motocicleta. Em uma linha reta, o impacto seria mínimo, pois o ar entraria a uma velocidade constante.

No entanto, em uma curva, onde um lado é mais exposto, ocorre uma variação na pressão do ar entre os lados.

Segredo Aerodinâmico Revelado: O Poder da Pressão nos Tubos da BMW

Analisando a superfície do asfalto, o lado da moto mais próximo ao solo experimenta maior pressão do ar do que o lado oposto.

Em outras palavras, durante uma inclinação para a direita, o lado esquerdo da moto experimenta maior pressão e efeito aerodinâmico.

Conforme os tubos são atravessados, o ar com maior pressão é redirecionado para o lado oposto da motocicleta, gerando uma força aerodinâmica que mantém a moto firmemente no solo.

É importante ressaltar que o registro da patente não confirma sua implementação em qualquer modelo.

A lógica sugere que, se avançar, a BMW o incorporaria em suas motos mais esportivas, pois esse sistema destaca-se em curvas rápidas, uma arena onde a BMW M 1000 RR reina soberana.

Continue navegando no portal The Riders e acelere com a gente!

Acesse nossas sessões Riders CustomRiders Speed, Riders TrailRiders ElétricaRiders Cross e fique ligado nas novidades! Moto

Notícias relacionadas

MotoGP, 2023, GP Áustria – Bagnaia dobra, Miguel parte

The Riders

Honda CB 650R: Conforto nas Estradas e Cidades

The Riders

MOTOGP, ALEIX ESPARGARÓ (DNF): “QUERO PEDIR DESCULPAS AO BRAD PELO QUE ACONTECEU”

The Riders