fbpx
The Riders Histories
Notícias

Bajaj chega oficialmente ao Brasil.

A indiana Bajaj, terceira maior fabricante de motos do mundo, chega oficialmente ao Brasil no segundo semestre deste ano. Os primeiros modelos devem começar a ser vendidos em setembro. Inicialmente, as motos Bajaj serão montadas na fábrica da Dafra em Manaus (AM), pelo sistema CKD (Completely Knocked-Down), ou seja, as motocicletas vêm em kits totalmente desmontadas

“As primeiras unidades já estão nos navios a caminho do Brasil e queremos começar as vendas na segunda quinzena de agosto ou no início de setembro”, prevê Waldyr Ferreira, diretor de operações da Bajaj do Brasil.

Diferentemente de outros países da América Latina, como Argentina, México e Colômbia, onde atua em parceria com representantes e importadores locais, a Bajaj terá uma subsidiária própria no Brasil.

Apesar de ser pouco conhecida no País, a Bajaj é a terceira maior fabricante de motos do mundo, com capacidade para produzir 6,5 milhões de unidades por ano – incluindo motocicletas e triciclos, os famosos “tuk-tuk”. No atual ano fiscal, a Bajaj exportou mais de 2,2 milhões de motos e 300 mil triciclos.

A marca é sócia da KTM, com 49% da marca austríaca, e produz os modelos de baixa cilindrada, como a Duke 200 e 390, vendidas no Brasil, além da esportiva RC e da Adventure 390. A Bajaj também tem parceria para o desenvolvimento dos futuros modelos de baixa cilindrada da inglesa Triumph.

Agora é oficial: a Bajaj deu início às atividades que marcam sua entrada no mercado brasileiro.

Além de ser uma das maiores fabricantes da Índia, a marca também é a maior exportadora do país. Cerca de 15% de todas as vendas internacionais da Bajaj tem como destino países da América Latina, como Argentina, Colômbia e Equador.

Um dos modelos que praticamente podemos dar como certos por aqui é a Dominar 400, moto que estampa a primeira postagem das redes sociais da Bajaj do Brasil.

As operações da marca na América Latina são comandadas por uma figura muito conhecida no mercado de motocicletas: Waldyr Ferreira, executivo que contabiliza passagens por Harley-Davidson e Triumph, além de ter atuado em fabricantes de automóveis como General Motors, Peugeot e Toyota. Espera-se que a marca venha para o Brasil e tenha sua própria fábrica em Manaus, mirando uma forte concorrência contra as líderes do mercado nacional, mais precisamente Honda e Yamaha.

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

fonte: https://motociclismoonline.com.br/noticias/bajaj-oficializa-inicio-de-suas-atividades-no-brasil/

Notícias relacionadas

Yamaha MT-07 ganha painel TFT no modelo 2023

Marcelo Nunes

Yamaha MT-10/SP 2024: Tecnologia e Potência nas Estradas!

Marcelo Nunes

NXR 160 Bros 2024: Preços e Ficha Técnica

Marcelo Nunes

Deixe um comentário