fbpx
The Riders Histories
Riders Custom

Harley-Davidson cinde unidade de motos elétricas LiveWire em fusão de US$ 1,8 bi

Em 2021, a LiveWire fez acordo para se fundir com a empresa de aquisição de propósito específico AEA-Bridges

A Harley-Davidson cindiu nesta terça-feira (27) sua divisão de motocicletas elétricas, LiveWire, fundindo a unidade com uma empresa de cheque em branco, criando a primeira montadora de motocicletas elétricas de capital aberto dos Estados Unidos.

A ação da LiveWire subia 0,3% na estreia na Bolsa de Nova York, após a fusão de 1,77 bilhão da empresa com uma “SPAC”, abreviação em inglês que designa firmas criadas para servirem de veículo de investimento e facilitarem a abertura de capital de grupos adquiridos por elas.

Em 2021, a LiveWire fez acordo para se fundir com a empresa de aquisição de propósito específico AEA-Bridges.

A Harley lançou sua primeira moto elétrica em 2019, antes de decidir relançar a moto como sua própria submarca.

Esperando recuperar a fatia de mercado perdida à medida que a base de clientes da empresa amadurece e o interesse pelo motociclismo como atividade recreativa diminui, a empresa busca se tornar mais competitiva com outros fabricantes de motos elétricas.

A LiveWire tem um modelo com preço inicial de US$ 16.999 e outro que custa US$ 22.799. A Harley-Davidson deterá a participação majoritária na LiveWire com uma fatia de 74%.

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

Fonte:https://www.cnnbrasil.com.br/economia/harley-davidson-cinde-unidade-de-motos-eletricas-livewire-em-fusao-de-us-18-bi/

Notícias relacionadas

“Novidade de 2024: Conheça a Benda Napoleon 450, a Revolução das Duas Rodas”

Marcelo Nunes

 Honda Rebel 300 2024: Guia completo fique por dentro de tudo!

Marcelo Nunes

Harley-Davidson Bronx preparada para retornar?

Marcelo Nunes

Deixe um comentário