fbpx
The Riders Histories
Curiosidades

Harley lança linha de bikes elétricas com até 185 km de alcance

2021 está sendo um ano divisor de águas para a Harley-Davidson. A empresa apresentou sua primeira moto aventureira, a Pan America, e atualizou a linha Sportster com o novo motor Revolution Max. Na esteira desses dois lançamentos de sucesso, a Harley agora vai voltar sua atenção para o setor de mobilidade urbana e elétrica pela primeira vez com a nova linha de bicicletas elétricas Serial 1.

Anunciada originalmente em outubro de 2020, a nova submarca da Harley apresentou um conceito baseado na primeira motocicleta da empresa em 1903. No entanto, os modelos de produção acabam com a nostalgia em favor de um visual despojado e funcional. Todas as quatro variantes reveladas da Série 1 apresentam uma bateria de íon de lítio integrada em uma estrutura de alumínio.

Galeria: Harley apresenta as suas primeiras bikes elétricas Serial 1

Embora todos os modelos utilizem uma correia de transmissão acoplada a um motor elétrico montado no pé-de-vela, alguns acabamentos chamam mais a atenção. A iluminação é de LED e de fábrica em todos as Serial 1. Os ciclistas se beneficiarão dos quatro modos de condução (Eco, Tour, Sport e Boost) e função que faz a bike acelerar a velocidades de caminhada, algo útil para empurrá-la em ladeiras, por exemplo.

A MOSH / CTY é o modelo de entrada da Série 1. Com apenas uma marcha, atinge uma velocidade máxima de 32 km/h com um motor de 250W. A bateria de íon de lítio de 529Wh da MOSH / CTY tem autonomia declarada entre 56-169 km e requer 4 horas e 45 minutos para recarregar. A MOSH / CTY é vendida por US$ 3.799 nos EUA (R$19.923).

Já a RUSH / CTY inclui recursos como um display digital com hodômetro, porta-trecos e pinças de freio de 4 pistões. O modelo também ganha uma bateria de íons de lítio 706Wh que atinge uma autonomia máxima de 185 km, mas exige 6,6 horas para uma carga completa. O modelo RUSH / CTY STEP-THRU da Serial 1 compartilha os mesmos recursos do RUSH / CTY padrão, mas opta por uma bateria de 529Wh com autonomia para 145 km e 4,75 horas para recarregar. Seu quadro, porém, é mais baixo. Tanto a RUSH / CTY  quanto a RUSH / CTY STEP-THRU custam US$ 4.999 nos EUA (R$ 26.217).

Exclusiva para os norte-americanos, a RUSH / CTY SPEED adota um motor mais forte para atingir uma velocidade máxima de 45 KM/h. A bateria tem 706 Wh e autonomia estimada entre 40-185 km, enquanto uma recarga completa leva 6,6 horas. O modelo de alto desempenho tem um preço maior, porém, custando US$ 5.599 (R$ 29.364). As bicicletas da Serial 1 já estão disponíveis em concessionárias da Harley-Davidson tanto nos EUA quanto na Europa.

Notícias relacionadas

Brendan Fraser: 5 motos incríveis que brilharam no cinema

Marcelo Nunes

AS 10 MOTOS MAIS CARAS DO BRASIL

Marcelo Nunes

Ruckus trocado pela CBR1000RR ganha vida

Marcelo Nunes

Deixe um comentário