fbpx
The Riders Histories
Curiosidades

Honda CG vira BMW com balde, antena parabólica e painel de Corsa

Para que gastar R$ 125 mil em uma moto BMW R 1250 GS se dá para fazer uma no quintal de casa? Foi assim que pensou o Pina Grau, como é conhecido no Instagram o dono da “R 1250 GS Montadinha”, como ele chama sua invenção.

Com quase 220 mil seguidores no Instagram, Pina Grau exibe sua motocicleta feita em cima de um quadro de Honda CG.

Como foi feita a moto

A lanterna traseira é um pedaço de plástico saído de uma antena parabólica.

Os baús laterais para bagagem foram feitos com baldes.

A transmissão para a roda traseira, que é de Corsa, era feita com corrente, mas ganhou cardã como na BMW de verdade, mas a peça usada é de Chevrolet Chevette.

Para o farol ficar igual ao da R 1250 GS, foi usado um redondo de CG Titan e outro quadrado de motos mais antigas

O painel veio de um Chevrolet Corsa “e marca até 200”, diz o Pina Grau.

A carenagem em volta do tanque é feita com lata de geladeira e fixada com pregos.

Para finalizar, um toque especial: o logotipo da BMW feito com uma tampa de goiabada.

A GS Montadinha, no entanto, pode ser perigosa para o próprio Pina Grau, além de ser ilegal.

Qualquer alteração na moto precisa passar por vistoria pra emitir um laudo de conformidade. Está tudo erradoGeraldo Tite Simões, especialista em segurança e instrutor de pilotagem

Segundo Tite, além de ilegal, a moto pode ser perigosa em caso de acidente, já que os plásticos e as latas usadas podem virar objetos cortantes.

A modificação fora das normas é infração grave e pode acarretar a apreensão da moto. A multa é de R$ 195,23 e rende cinco pontos na CNH.

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker

fonte: https://www.uol.com.br/carros/noticias/redacao/2023/07/10/honda-cg-vira-bmw-com-balde-antena-parabolica-e-painel-de-corsa.htm

Notícias relacionadas

Descubra a Nova Lander 250 2024: Criada por IA

Marcelo Nunes

Entenda a função do comando de válvulas

Marcelo Nunes

Motos Extremas: O Absurdo das Supermáquinas

Marcelo Nunes

Deixe um comentário