fbpx
The Riders Histories
Mundo SpeedRiders-Speed

KTM fecha acordo e segue com Binder até a temporada 2026 da MotoGP

Brad Binder assinou a extensão da sua relação com a KTM, e desta forma vai correr com a casa de Mattighofen até à época de 2026 do MotoGP.

O sábado começou bem para Brad Binder . O piloto sul-africano, que já tinha manifestado o desejo de continuar a fazer parte da KTM, assinou a extensão do contrato com a empresa Mattighofen até 2026.

“Um enorme obrigado à KTM e à gestão por confiar em mim e participar neste programa incrível por mais alguns anos. Estamos chegando muito perto do que queremos alcançar na pista e só tenho coisas boas a dizer sobre a equipe. O tempo passa rápido e compartilhamos algumas memórias especiais. Sei que há muito mais por vir e mal posso esperar para desenvolver essas histórias. Obrigado novamente”, disse Binder.

“Brad é uma pedra angular em nossa equipe e é uma ótima notícia que ele fique conosco por mais tempo. Há muito tempo construímos uma relação e um projeto. Ele traz um espírito vencedor para nossa box, mas também estabilidade e conhecimento importante da KTM. Ele é sempre um piloto incrível de se assistir e um cara fantástico com quem trabalhar. Quero agradecer por acreditar em nós e por quão longe chegamos juntos. Ainda há muito a fazer”, acrescentou Francesco Guidotti, chefe de equipe da KTM.

A relação do #33 com a fábrica austríaca começou em 2015. Binder conquistou o título da Moto3 em 2016 e conquistou oito vitórias e 15 pódios na Moto2 em três anos. Ele deu o salto para a MotoGP e se tornou o primeiro piloto a subir toda a ‘escada’ da KTM desde seus dias de formação como adolescente na Red Bull Rookies Cup.

Ele conquistou sua primeira vitória com a equipe na categoria rainha naquele mesmo 2020 na República Tcheca , além de registrar mais sete pódios até o momento.

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

fonte: https://es.grandepremio.com/motogp/ktm-brad-binder-2026-motogp/

Notícias relacionadas

Ducati Panigale V4 SP: só duas unidades no Brasil

Marcelo Nunes

Nova Yamaha R9 avança em 2024

Marcelo Nunes

Tríade de Poder: M 1000 RR, Panigale V4 e RSV4 1100

Marcelo Nunes

Deixe um comentário