fbpx
The Riders Histories
Mundo SpeedRiders-Speed

Marco Bezzecchi da MotoGP: ‘Estamos Satisfeitos com o Trabalho Dedicado em Casa!’

Apenas uma semana após fracturar a clavícula, Marco Bezzecchi teve uma boa pontuação na Indonésia, com um 3º e 5º lugares, no sprint de sábado e na corrida principal de hoje.

Para quem esteve na mesa de operações há apenas uma semana, Marco Bezzecchi ainda causou uma boa impressão após a corrida de 27 voltas de domingo. “Ainda pareço fresco? Sim, porque tomei uma cerveja”, disse o italiano bem-humorado. “E vou precisar de mais. Vou festejar hoje à noite e dormir bem amanhã.”

Mais a sério, o italiano de 24 anos disse que precisa urgentemente de uma pequena pausa. “Não posso dizer que me sinto bem fisicamente”, admitiu. “Tive algum tempo para recuperar depois da corrida, mas para ser sincero estou com muitas dores – não na clavícula, mas em todo o ombro, pescoço e músculos. E no ponto em que a placa pressiona o osso, é uma sensação estranha. Nunca tive um disco antes e agora posso sentir isso. Mas pelo menos fiz uma boa corrida”.

À medida que a corrida avançava, Bezzecchi foi progredindo apesar dos problemas físicos. “O meu plano inicialmente exigia uma abordagem conservadora. O problema é que, no MotoGP de hoje, se você for muito conservador nas duas primeiras voltas, somos atirados para a frente e para trás como um saco de box. Estava um pouco atrasado no início mas quando vi que conseguia alcançar o meu objetivo, não entrei em pânico e tentei ainda controlar os pneus. Sabia que precisaria de uma boa aderência no final e felizmente conseguir ser rápido nessa altura.”

“Estou muito feliz com o resultado. Claro que não foi fácil, mas acho que fizemos bem o trabalho de casa, a minha equipa fez um trabalho incrível. Eles já estavam aqui na quarta-feira e falei para se prepararem porque eu poderia vir. Foram fantásticos como sempre”, concluiu o italiano, desfeito em elogios à sua equipa.

No campeonato ‘Bez’ manteve a terceira posição, reduzindo a diferença para o segundo classificado para Jorge Martin, para 45 pontos.

Notícias relacionadas

MV Agusta F4 RR – Obra-prima da Engenharia Italiana

Marcelo Nunes

Kawasaki Ninja ZX-4R 2024: A Revolução Supersport

Marcelo Nunes

A Kawasaki Ninja ZX-4R chegará à Europa

Marcelo Nunes

Deixe um comentário