fbpx
The Riders Histories
Mundo SpeedRiders-Speed

MOTOGP FRANCESCO BAGNAIA: AUMENTA A VANTAGEM

Numa altura em que já só faltam duas rondas para terminar a temporada de 2023 de MotoGP, a luta pelo título continua perfeitamente em aberto, mas a ronda na Malásia sorriu mais ao líder.

MOTOGP, FRANCESCO BAGNAIA AUMENTA A VANTAGEM PARA 14 PONTOS

Francesco Bagnaia tinha perdido terreno para Jorge Martín no sprint, mas recuperou-o no domingo, com o campeão a ser terceiro em ambas as provas. Já Martín, que foi segundo no sábado, ficou-se pelo quarto lugar ontem, o que faz com que a diferença entre um e outro esteja nos 14 pontos (412 para Bagnaia, 398 para Martín).

Esta ronda também marca o fim da possibilidade matemática de Marco Bezzecchi ainda chegar ao título, com o piloto da VR46 no terceiro lugar, com 323 pontos.

Top-10:

  1. Francesco Bagnaia – 412 pontos
  2. Jorge Martín – 398
  3. Marco Bezzecchi – 323
  4. Brad Binder – 254
  5. Johann Zarco – 200
  6. Aleix Espargaró – 198
  7. Maverick Viñales – 175
  8. Luca Marini – 171
  9. Fabio Quartararo – 156
  10. Jack Miller – 156

MOTOGP, LUCA MARINI (10.º): “HONDA? É UM PRAZER ESTAR NESTA SITUAÇÃO”

Luca Marini é o nome mais recente a ser apontado à Honda no próximo ano, com o italiano a preferir não comentar muito o assunto, mas também a não negar a mudança.

“A situação é a mesma de ontem e de sexta-feira, as pessoas estão a dizer muitas coisas, mas não há nada neste momento”, disse.

“É um prazer estar nesta situação e vou tentar ter a melhor oportunidade para a minha carreira e lutar pelos melhores resultados possíveis no próximo ano, vamos ver”, referiu.

Acesse nossas sessões Riders CustomRiders Speed, Riders TrailRiders ElétricaRiders Cross e fique ligado nas novidades!

MOTOGP, BAGNAIA E OUTROS QUATRO PILOTOS AVISADOS POR PRESSÃO IRREGULAR DOS PNEUS

Francesco Bagnaia recebeu ontem um aviso por parte dos comissários por ter terminado o Grande Prémio da Malásia com uma pressão irregular dos pneus, juntamente com o vencedor da corrida, Enea Bastianini, e ainda Iker Lecuona, Álvaro Bautista e Luca Marini.

Trata-se da primeira infração deste género cometida por qualquer um destes cinco pilotos este ano, o que leva apenas ao aviso, sendo que a segunda infração resultará numa penalização de três segundos.

Vale a pena recordar que os dois candidatos ao título, Pecco Bagnaia e Jorge Martín, já têm um aviso cada um em relação a esta matéria, tendo de ter isso em atenção até ao final da temporada.

MOTOGP, JORGE MARTÍN (4.º): “NÃO ERA O QUE QUERIA, MAS FOI O MÁXIMO QUE CONSEGUI”

Jorge Martín ficou desapontado por ter terminado atrás de Pecco Bagnaia em Sepang, mas disse que não podia ter feito mais. O espanhol revela que ainda tentou pressionar o italiano, mas que depois começou a arriscar quedas, algo que não queria que acontecesse.

“Estou desapontado com o resultado, mas era o máximo que podia fazer. Vamos avançar para o Qatar e fazer reset desta corrida. Pensei que podia ganhar alguns pontos, estava a sentir-me preparado no início da corrida, mas depois comecei a perder a frente e a arriscar algumas quedas. Tive de me contentar com o quarto lugar, não era o que eu esperava hoje, esperava lutar pelo pódio ou mais, mas é o que é, vamos seguir para a próxima”, disse.

Leia também:

“Seis voltas depois, comecei a perder terreno para o Pecco. Foi estranho, tentei puxar e colocar pressão nele, mas depois fiquei perto de cair. Não era o que eu queria, mas foi o máximo que consegui hoje. Gosto do Qatar, consegui duas pole positions nas últimas duas épocas e um pódio na minha segunda corrida no MotoGP. Temos de perceber o novo asfalto, vamos ver os pneus, mas é uma pista onde costumo ser rápido”, referiu.

Notícias relacionadas

Baby Fireblade: Honda CBR 250 RR SP é sofisticada para sua categoria

Marcelo Nunes

MOTOGP, QATAR: MARTÍN E ZARCO À FRENTE DE BAGNAIA

Marcelo Nunes

Conheça a Damon Colossus e Ultraviolette F77

Marcelo Nunes

Deixe um comentário