fbpx
The Riders Histories
Riders-SpeedMundo Speed

MotoGP: Márquez estabelece prazo para definir futuro em meio à decepção com a moto da Honda de 2024

Decisão entre ‘Plano A, B ou C’ deve ser tomada, e informada, entre o GP da Índia e o GP do Japão

Marc Márquez definiu quando tomará uma decisão sobre seu futuro na MotoGP, depois de observar que “os problemas ainda são os mesmos” na nova Honda que ele testou nesta segunda-feira.

Márquez tem contrato com a Honda até 2024, mas as especulações sobre o rompimento dos laços com a fabricante japonesa para o próximo ano têm sido frequentes em meio às contínuas dificuldades nesta temporada.

Durante o fim de semana do GP de San Marino, Márquez se envolveu em rumores de que se juntaria à Gresini Ducati na próximo ano. Ele afirmou repetidamente, quando perguntado, que tem contrato até 2024, enquanto a Honda e a Gresini minimizaram esses rumores.

Márquez experimentou pela primeira vez o protótipo 2024 da Honda nesta segunda, no teste pós-corrida de Misano, e estava em 17º lugar no final da primeira sessão e a um segundo do ritmo: “Sim, é claro que o estilo de pilotagem é bem diferente. Mas, no fim das contas, os problemas são mais ou menos os mesmos. Então, precisamos trabalhar mais”, analisou o espanhol.

Quando perguntado se o problema continuava sendo a falta de aderência traseira, Márquez disse “sim”, acrescentando mais tarde sobre o protótipo de 2024: “É claro que essa é a primeira impressão da motocicleta e a primeira vez, mas já recebemos os comentários do piloto de testes. Mas, como eu disse ontem, eu não queria ser infectado antes de experimentar.”

“Por isso, tentei não dar ouvidos aos comentários e experimentar por conta própria. É verdade que começamos com uma direção e depois mudamos um pouco para a minha direção, não completamente porque isso leva muito tempo, mas para o meu estilo de pilotagem.”

“Ela ficou cada vez melhor, mas é uma maneira diferente de pilotar. Os problemas são os mesmos. Mesmo assim, o teste ainda não terminou, então veremos em Valência. Eles precisam trabalhar. Estamos longe. Se essa é a base da motocicleta, ainda estamos longe. Ainda precisamos trabalhar e mudar muitas coisas.”

Márquez também observou que a única diferença real entre a moto de 2024 e a atual era o chassi e a geometria, enquanto o “motor é o mesmo” que ele está usando. Embora ele tenha minimizado a importância do teste, há algum tempo ele tem sido visto como vital para decidir quais serão seus planos futuros.

O assunto de seu futuro voltou à tona após a primeira sessão de testes, com Márquez declarando que tem como prazo final o GP da Índia ou o GP do Japão, no final do mês, e que decidirá qual dos três planos que tem em mãos.

“Sim, é claro que há um prazo. Por volta da Índia ou do Japão, eu decidirei”, revelou ele.

E quando lhe foi dito que havia relatos de que seu futuro já estava decidido, Márquez acrescentou: “Sim, mas eu não informo porque talvez não esteja claro, porque às vezes pode mudar”.

“As decisões ou minhas teorias que eu tenho são o plano A, o plano B e o plano C, três e não dois como eu disse antes. Portanto, tenho três ideias muito claras, tenho muito claro o que deve acontecer com cada uma delas, então, bem, ainda há tempo.”

fonte:https://motorsport.uol.com.br/motogp/news/motogp-marquez-estabelece-prazo-para-definir-futuro-em-meio-a-decepcao-com-a-moto-da-honda-de-2024/10519006/

Notícias relacionadas

MOTOGP, JAPÃO, CORRIDA: NOVA VITÓRIA DE MARTIN COLOCA-O A TRÊS PONTOS DE BAGNAIA

Marcelo Nunes

As 10 maiores Kawasakis de todos os tempos

Marcelo Nunes

Ducati Panigale V4 R 2019

Marcelo Nunes

Deixe um comentário