fbpx
The Riders Histories
Notícias

Moto mais barata da Honda na Índia vale meia Pop e tem 10 anos de garantia

Shine 100 é até mais equipada, mesmo custando menos que a mais barata da marca no Brasil

Ainda que o segmento de motocicletas no Brasil esteja aproveitando um momento de vendas em alta enquanto os preços de carros 0km os tiraram do alcance dos compradores, mesmo a moto mais barata da Honda no Brasil pode parecer cara. Principalmente no mercado indiano, há modelos bem mais em conta.

Por aqui, a Honda mais barata é a Pop 110i 2023, modelo que tem preço tabelado em R$ 9.010 sem incluir sequer o frete. Na Índia, o posto de moto mais barata da marca por lá é da Shine 100, que acabou de ser renovada naquele país com uma promoção regional que pode levar seu preço a 62.900 rúpias, o que equivale a cerca de R$ 3.766, menos da metade da moto nacional.

Um dos artifícios para manter os preços poderia ser um tempo menor de garantia de fábrica, diminuindo as chances de a montadora ter que arcar com manutenções. Porém, é aí que a Honda Shine 100 fica ainda mais curiosa. Na Índia, a Honda está oferecendo 10 anos de garantia para a pequena moto. Por aqui, mesmo sendo mais cara, a Pop 110i tem 3 anos de garantia apenas.

Também é mais equipada

Outro elemento que ainda chama a atenção na pequena Honda Shine 100 é que ela traz alguns equipamentos que a nossa Pop 110i não tem. Entre eles estão um tanque convencional que não exige abrir o banco para abastecer, rodas de liga leve, partida elétrica e até mesmo um marcador de combustível. Por aqui, a Pop 110i tem apenas rodas raiadas e uma luz de aviso quando o nível do combustível no tanque está baixo.

A nova Honda Shine 100 traz um propulsor monocilíndrico arrefecido a ar com 98,98 cm3 de capacidade. Ele já é alimentado por injeção eletrônica, tem catalizador e tem o sistema ESP de eficiência energética da marca, algo que é encontrado apenas na linha PCX e ADV de scooters no Brasil. O motor tem entregas modestas, com apenas 7,38 cv de potência a 7.500 rpm e 0,8 kgfm de torque a 5.000 rpm. A transmissão é mecânica com 4 velocidades e a partida pode ser feita por pedal ou por botão.

As rodas de liga leve são de 17 polegadas e a suspensão é convencional, com garfo telescópico na dianteira e duplo amortecedor na traseira. Os freios são a tambor em ambas as rodas, mas já possuem acionamento combinado como a Pop 110i. Com somente 1.955 mm de comprimento e um assento a 786 mm do solo, a Shine 100 pesa somente 99 kg em ordem de marcha.

Inscreva-se em nosso Canal no YouTube: The Riders e conheça histórias incríveis do mundo biker!

Notícias relacionadas

BMW patenteia novo sistema de câmera dupla para motos

Marcelo Nunes

Novo modelo 2023LiveWire revela especificações detalhadas para seu S2 Del Mar

Marcelo Nunes

Honda 2024: XL750 Transalp e CBR1000RR-R Fireblade SP

Marcelo Nunes

Deixe um comentário